terça-feira, 9 de março de 2010

Liberdade à Natureza




Posta em paz
A Libélula
Em asas transparentes
Pelo ar
Voa leve
Voa breve
Piruetas a bailar!


Pairando por sobre as flores
Um pensamento de calmaria
Encanta
Surpreende
Suspira...
A liberdade que eu queria!

Esvoaça a libélula
No tempo
Na imensidão do espaço.
Vida e natureza ...
Ansiando pelo abraço!



Paula Belmino

**Inspirado na sala de aula hoje, quando uma libélula veio nos fazer companhia.Será que queria aprender as letras? Ou ensinar a nós sua alegria?

4 comentários:

Mary disse...

Que bela poesia... como está amiga? Vou postar um selinho para você em meu blog. Veja lá.. beijos, na Alicinha também.

Chica disse...

Que legal,Paulinha...um amor! beijos,chica

Movimento Natureza disse...

Oi Paula!
Vim conferir e vejo que a toda hora a natureza se manifesta diante dos nossos olhos, mas é importante que tenhamos olhos para ver, senão...
Linda sua poesia!
beijos da Beth Lilás

Sandra disse...

Liberdade a natureza. Lindo texto, amiga.
RETRIBUINDO A SUA VISITA E OFERECENDO O SELO.
VENHO OFERECER O SELO DE 100 SEGUIDORES DESSE LINDO BLOG.
http://sandraandradeendy.blogspot.com/
ESPERO POR VC. LÁ. ESTE Nº SÓ POSSIVEL PORQUE VC. FAZ PARTE DELE.
CARINHOSAMENTE,
SANDRA