domingo, 17 de fevereiro de 2019

Francisco .O caminho das Flores



Uma história de amor
de um homem que foi tocado pela luz.
Francisco era um jovem sonhador, amava cavalgar, rico e cheio de  objetivos, sonhava se tornar um grande cavaleiro, mas os horrores da guerra o fez viver momentos de grande tristeza, preso por dois anos , Francisco adoeceu e ao retornar para sua casa já não era o jovem sonhador de antes, no entanto em meio à natureza Deus o chamou para ver a beleza de sua criação.



Francisco aprendeu a amar as flores, as árvores, os animais, e chamava sol, lua de irmãos.
Outra maravilha de suas ações foi deixar seu lar, sua riqueza para servir aos pobres, levando a mensagem de Cristo, sem medo de se aproximar dos leprosos e dos mais fracos.
Até dos lobos ele se tornava irmãos.
Francisco é conhecido pela igreja católica por São Francisco e deixou um legado de amor e paz, de incentivo ao fazer o bem.


Essa leitura nos chama atenção para as pequenas coisas, para nos mostrar que somos na terra servos, para fazer o bem ao próximo, que é o primeiro mandamento: Amar a Deus sobre todas as coisas e ao irmão como se fosse a nós mesmos.


Em cuidar dos animais e da natureza Deus se revela em nós, nas nossas ações de humanidade, e além de cuidar do meio ambiente, se colocar no lugar do outro, do próximo, amando cada um na sua diferença, se tornando iguais perante Deus.



Por aqui a gatinha deu cria, 4 gatos, que vieram mortos, apenas um vivo, mas que ela ainda não sabe ser mãe, deixa o bichinho com fome, a vovó Cicera, e os netos o alimentam com conta-gotas, dão carinho, embalam em panos e por vezes passam horas acarinhando a mãe para que fique perto do filhote e o amamente: Isso é amar as criaturas de Deus assim como fez Francisco.


Um livro para trabalhar empatia, cidadania, e valores e toda a sorte de poesia que há em fazer o bem.

Vejam mais:



Para comprar o livro Francisco, o caminho das flores de Monique Morgillo pela Paulinas Editora basta entrar no site:

https://www.paulinas.org.br/loja/francisco-2

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Abecedário Poético de Frutas. Roseana Murray



Hoje teve poesia das frutas na escola



Trabalhamos com a turma de 2º ano do Fundamental e é necessário ainda mais ler para as crianças, que estão em processo de alfabetização, para que estas se desenvolvam plenamente em suas competências e habilidades.
A partir da leitura do livro Abecedário Poético de Frutas de Roseana Murray as crianças puderam ler com ajuda, desenvolver a leitura fluente e sendo mediadas a compreender o abstrato nas vivências de sua realidade, enriquecendo o vocabulário conhecendo palavras novas e seus significados além de nomes de outras frutas diferentes da nossa cultura, como sapoti, oiti, caqui etc...
Pude assim diagnosticar a hipótese silábica de cada um que veio ler um poema de fruta diferente, bem como observar os que se negam, ou por timidez ou por ainda não saberem ler.






A leitura foi feita com o microfone para que eles pudessem  ouvir bem sua própria voz, e na leitura com voz alta desenvolver a fluência e saber se expressar, assim como oralizar em público.
As crianças trouxeram frutas para juntos fazermos uma salada e uma história matemática, já trabalhando quantidade, tamanho, formas geométricas, e resolução de problemas envolvendo adição.
De acordo com as frutas que as crianças traziam fizemos uma lista, e deixei que elas escrevessem como sabem, depois coloquei no quadro os nomes das frutas com ajuda deles para contar e de acordo com a contagem fizemos um gráfico de barras, sendo sempre instigados a pensarem e responder:
Qual fruta tem mais?
Qual fruta tem menos?
Quantas ao todo?

Ainda resolveram alguns problemas envolvendo as frutas e pintaram as barras do gráfico de acordo com as cores das frutas.
 Em Artes conhecemos a obra O vendedor de Frutas de Tarsila do Amaral, eles puderam analisar o que viam, de onde vem o homem, como, o que carrega no barco? E ilustraram de acordo com o que observavam.
Daremos continuidade a esta obra na próxima semana
Por fim saboreamos uma deliciosa salada com as frutas




Um pouco de nossa leitura





domingo, 10 de fevereiro de 2019

Flor de Sabugueiro



Para febre e 
outros males do corpo
chá de sabugueiro
extirpando toda dor.
Para as tristezas da alma
sabugueiro em flor.
Florada
acalmando o espírito
enfeitando o olhar
vestindo a alma de branca paz.
Para os males de todo tipo
Sabugueiro em 
delicada floração
para espantar todos os males
que atingem o coração.
Flores são remédio
para todos os males em questão.

Paula Belmino




Minha participação na inspiração do Filosofando na Vida com a amiga Lourdes que nos dá sempre uma sugestão com imagens pra gente escrever o que vem à mente e ao coração
Minha escolha foi da moça abaixo com flores, que por acaso tenho sempre minha Alice vestida de flores.


O Sabugueiro é uma flor da planta conhecida como Sabugueirinho, sabugueiro-negro, sabugueiro da Europa e tem por nome científico Sambucus Nigra, é usado para febres e dores e tem muitos benefícios. De fácil acesso, por aqui é usado em chás e banhos.

Participe você também do Poetizando e  Encantando com a Lourdes



sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Semeando Leitores





E dando continuidade a jornada pedagógica 2019 coordeno junto à Secretaria Municipal de Educação SME - LAGOA NOVA-Rn a com formação continuada dos professores que atuam em sala de leitura e Bibliotecas escolares






No momento de leitura, reflexão e troca de ideias refletimos sobre o papel do mediador de leitura no exercício de si e do outro, como desenvolver um trabalho criativo, que competências deve ter um mediador, qual a contribuição da literatura no desenvolvimento cognitivo e emocional das crianças.
Pensamos dinâmicas de uma leitura viva, da leitura literária que encanta, como exercício pleno da cidadania e direito de todos.
Houve uma dinâmica da leitura às cegas, onde um tentava ler, falando sobre o que achava do livro, com ajuda de outro colega que mediava por exemplo, sobre o personagem, a cor do livro, a forma, o cheiro se era novo, ou usado, que sentimento este livro traria.
Após a leitura as cegas, retirava-se a venda e liam juntos em voz alta. Se por acaso a história inventada, lida no escuro tivesse alguma relação com o livro o participante ganhava pontos.
Fizemos algumas releituras, com ideias ajustadas a essa, por exemplo, todos vendados e um aluno mediando, o livro passando de mão em mão, e após todos falarem sobre a história fantasiada, conheceriam a verdadeira escrita.
Outra atividade foi a de cada um ler de verdade um livro escolhido, e depois fazer um breve relato da história apresentando de forma criativa aos colegas e como poderia ser apresentado aos alunos.







Ainda tivemos uma palestra sobre Educação literária na pratica com a consultora da FTD Educação Midiã Medeiros. Encontro de boas-vindas cheio de encantamento para transbordar literatura nas escolas.




Todos juntos por uma Educação de qualidade, por uma cidade leitora!


segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

Fevereiro


Fé...Vereiro

Mais um ciclo se encerra
Fecha-se Janeiro.
Chega um novo tempo 
De festa, de esperança
Abriu-se Fevereiro.
Que haja fé no que
está escrito nas estrelas
Por Aquele que é verdadeiro.
Anseios, sonhos, planos
Força, felicidade o tempo inteiro!
Foca no invisível
Naquilo que não se enxerga:
A Fé está em crer no que não se vê
Acredita num tempo feliz,
Já é Fé...vereiro!

Paula Belmino

Essa é minha participação para o 68º Poetizando e  Encantando do Blog da Lourdes

A imagem escolhida foi dessa de uma mão soltando borboletas que aqui reflito sobre a mão de Deus nos oferecendo cada dia algo melhor em oportunidades . Que possamos ter um mês de muita fé e dias abençoados e cheios de paz



Para participar da Blogagem Coletiva visite o site da Lourdes no


leia as regras, deixe a criatividade fluir

sábado, 2 de fevereiro de 2019

Senhor Pança e o Patinete



Educar as crianças para o uso consciente do dinheiro é importante desde cedo, mostrando a elas que o dinheiro não cai do céu, que é preciso muita prudência para consumir e muito planejamento para não comprar aquilo que nem sempre precisamos.
Faz parte da matemática fazer um planejamento dos gastos, ou de algo que se deseja comprar, usar uma ideia para ganhar um dinheiro extra, saber lidar com o consumismo desenfreado que por vezes é alimentado pela mídia.


Senhor Pança e o Patinete é um livro de Juliana Barrios com ilustrações de Oscar Reinstein pela Editora InVerso que conta a história de Pedrinho, criança alegre, criativa, que adora jogar bola, brincar com os amigos e claro como toda criança ganhar presente. Num de seus pedidos pede um patinete, mas recebe do pai um cofrinho, o Sr Pança. Sem saber de início o que fazer, Pedrinho vai aprendendo a fazer escolhas, a economizar, a planejar seus sonhos, suas metas de consumo.



Pedrinho começa a se policiar nos seus gastos, com um trocado que recebe do pai para a hora do lanche, dispensa o gasto das guloseimas e fica com as frutas que a mãe já havia colocado na lancheira, e coloca o dinheiro dentro do cofrinho, o Sr Pança



No shopping deixa de comprar um boné que ele gosta, por pensar que já tem outros tantos em casa.


Ainda recebe ajuda do avô para fazer pipas e vender na escola e faturar mais um pouco.
No fim Pedrinho aprende que é preciso poupar para conseguir realizar algo, e que economizando, além de ficar com mais dinheiro para algo que ele queria muito , ainda pode também ter bons hábitos de alimentação saudável, quandro trocou um doce pela comida que sua mãe colocou na sua lancheira.


O livro é ótimo para trabalhar desde cedo a educação financeira, a conscientização do consumismo desenfreado e ajuda as crianças a perceber o valor do dinheiro, do quanto é necessário saber planejar e lidar com o dinheiro.
Ainda é escrito em Português e Inglês e ajuda as crianças a aprender uma segunda língua


A Alice leu e se identificou muito, pois conversamos sempre sobre compras de algo supérfluo, o uso controlado dos gastos, o planejamento, a economia para ao invés de gastar tudo de uma vez ter reservado algo para sair com os amigos, comprar um sorvete, e até guardar no cofre para um sonho maior. 

Ela tem a  Dona Roxinha e tem feito isso, mesmo claro que ainda precise de mais ajuda rsrs

Vejam a resenha dela





Para comprar o livro:

https://www.editorainverso.com.br/pagina-de-produto/senhor-pan%C3%A7a-e-o-patinete