sexta-feira, 24 de abril de 2015

O Meu Deus


O meu Deus é um rei
Porém humilde quando deseja
Atendendo ao necessitado
Olhando o pobre nos olhos
Sem perder nunca sua majestade
É poderoso mas não usa armas que matam
Mas que provêm vida
Sarando as feridas mais  profundas
Em suas mãos tem o bálsamo da cura
Nelas as marcas da dor que sofreu na cruz por mim e por você.
Quando toca o homem o transforma
Faz de um mendigo um príncipe
De um nômade  dono de uma terra cheia de tesouros.
O meu Deus é forte feito a rocha
Mas suave feito a brisa
Quando conversa comigo sopra em minha alma guarida
Mas para me defender solta raios e trovões
É forte como os leões e despedaça meus inimigos.


Quando me sinto só me abraça
Me coloca debaixo de suas asas 
E canta pra mim uma canção de vitória.
Me embala em seus braços até que eu queira ir embora.
Ele é terno e amigo
Sempre está comigo
Faz o dia e o sol pra mim brilhar
Anda ao meu lado e me guarda como anjo
Ninguém pode me tocar!
Meu Deus é feito o mar
Ninguém sabe onde começa, onde termina
Feito as estrelas que ninguém consegue contar
Meu Deus é infinito
Mas mora dentro de mim e me tem como sua filha
Sou dele a menina dos olhos
A quem ama e ensina que sempre devo Nele esperar.


Paula Belmino


Alice usa:

Parka Jacris
Short Luluzinha
Boina Beijinho
Fotografia de Flávia Alves

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Dia Mundial do Livro. Dia de Festa. Dia de Libertar Livros



Quem incentiva á leitura é anjo, 
É mestre no ensino, 
É amigo das letras, é doutor
Quem se destina a educar é artista, é professor.
Quem vive a vida com intensidade é sábio 
Quem na vida tem a missão de ensinar é puro amor.
Ser um difundidor de ideias
Ser a mão que acolhe
Ser braço que abraça a leitura
Que mostra ás crianças um caminho de vitória
Quem educa com livros, 
Constrói uma linda história
Quem pelo livro dos livros 
Ensina o caminho aos filhos
É de Deus presenteado com glória
Aquele que leva a semente do amor e da amizade ás crianças
É sujeito a ser amado por todo tempo
Em toda sua trajetória.
Quem incentiva a ler com afeto 
Cria nos outros o amor pelos livros
E deixa sementes de paz em nossa memória

Paula Belmino



Hoje é um dia importante, é dia do aniversário da minha mãe Cicera Simões, dia de dedicar a ela todo carinho e homenagens merecidas por sua vida de luta, quase 50 anos de sua vida, mais da metade dela em prol da educação em nosso município e coincidentemente hoje também é dia internacional do livro um dia plenamente festivo.

E por falar em livros, leitura, incentivo á leitura você já ouviu falar no movimento BookCrossing Blogueiro





O BookCrossing Blogueiro foi inspirado no BookCrossing - um movimento que acontece fora do mundo virtual – e nada mais é do que o ato de “libertar” um livro com a finalidade de difundir o hábito da leitura. 

Estamos participando do movimento organizado pela Luz de Luma e nossa participação foi diferente, não esquecemos um livro, não deixamos de presente para um desconhecido, aproveitamos para presentear duas crianças de nossa escola Centro Mun Evilásio Luiz Victor, uma vez que as crianças não tem muito contato com os livros  anão ser  pela única bibloteca municipal da cidade, ou na escola , pois por aqui não existem livrarias, apenas algumas lojas com poucos e sem muita variedade de títulos infantis. Como conheço a realidade escolar, usamos a manhã aproveitando para congratular minha mãe pelo seu aniversário e como ela é também professora de sala de leitura ali aproveitamos o momento divertido das crianças em contato com a biblioteca ambulante, que falei aqui e toda alegria do momento com os livros para entregar a duas  crianças  de idades diferentes o nosso livro para libertar. Qual foi a reação de felicidade das crianças ao saber que o livro da vez era delas de verdade!
Os alunos escolhidos foram Jonas da Pré escoal e Davi da creche
O livro escolhido foi: O medo do escuro de Ivone Gomes de Assis, pela editora Assis. O livro é um conto infantil que fala de forma divertida e didática sobre a maneira como as crianças enfrentam seus medos noturnos , sem ter a pretenção de ensinar a superar os medos.
Tivemos a oportunidade de conhecer a autora quando viajamos no final do ano para Goiás/MG e tivemos o prazer de ganhar da amiga empresária Luzmarina do Espaço Desenvolver alguns livros da autora para trabalharmos com minhas crianças, o que logo mais trago a resenha do livro e algumas atividades inspiradas nele, pois como trabalhamos por temas na escola sempre tento encaixar os títulos dos livros nas minhas metodologias e atividades propostas pelo plano de aula.Como as crianças do turno matutino não conheciam o livro , tivemos a pretenção de fazer o desapego, e doar dois deles para que seus pais leiam para eles em casa e difundam ainda mais a magia da literatura pela nossa cidade e consequentemente dividam com outras crianças de suas turmas com ajuda das professoras.
Olha só a alegria das crianças:





Participe você também deste movimento!
Liberte um livro, incentive á leitura, leia para uma criança, doe um livro, gere amor e liberdade através das palavras!

Clica na imagem e vem saber mais detalhes deste lindo projeto



quarta-feira, 22 de abril de 2015

Dia da Terra! O que você tem feito por ela?

Alice usa Daya e Pé com Pé Calçados
Fotografia de Graciela Lindner

Hoje comemoramos o dia mundial da terra!A data surgiu nos Estados Unidos na década de 70 quando o senador Gaylord Nelson organizou o primeiro protesto nacional contra a poluição.
Mas foi só a partir da década de 90 que a data se internacionalizou, ou seja, outros países também passaram a celebrar a data. Por coincidência foi nesta data que os portugueses chegaram ao Brasil em suas caravelas e encontraram os índios aqui que já tinham sua cultura, seu modo de vida, sua alimentação, sua língua e foram obrigados a conviver e a aprender outros costumes que chegam até nós. Mesmo com o choque entre as culturas entre portugueses e índios trazemos deles muitas contribuições tais como: o hábito de cuidar da natureza e dos animais, do preservar, do cultivar a terra, do alimentar-se sem destruir a fauna e a flora.
Que esta data sirva não só para mera comemoração, mas que incentive a todos a fazer algo por nosso planeta, seguindo o exemplo dos povos da floresta:

*Plantar  uma flor, encher o jardim de verde, ou um pequeno vaso na porta de casa, na sala, na janela...

Alice usa Elian

*Reduzir o consumismo, reduzir o consumo de energia, vendo menos televisão ou brincar no computador e videogame,fazendo encontro com os amigos na praça, nos parques, organizando bazares entre amigos d elivros usados, trocando por outrs títulos e disseminando a literatura ou trocando peças de roupas e calçados que não servem mais, mas que estão em bom estado por outras que sirvam.




Alice usa Lecimar

*Fazer uma festa do pijama com os amigos, incentivando a leitura e o brincar e garantindo assim para as crianças menos tempo expostos na frente da televisão

Alice usa Dedeka

*Economizar água, fechando as torneiras, reaproveitando a água usada na lavagem da roupa para lavar banheiro e calçadas, diminuindo o tempo no banho, dando menos descarga, fazendo xixi no banho, e ao ir á praia ou rio, preservá-los não jogando lixo nas praias e arredores das fontes e nascentes etc...

Alice usa Dedeka

Alice usa Jacris
Fotografia de Flávia Alves

*Organizar um lual  para ouvir músicas, ou recitar poesias com textos e canções que conscientizem sobre os cuidados com o planeta e com a natureza, servir sucos naturais e chás e evitar o consumo de produtos industrializados

Alice usa Elian


Alice usa Pakita

*Plantar uma horta no quintal, ou até mesmo em latas de produtos que compramos para consumir durante o preparo das refeições.Plantar árvores frutíferas no quintal se tiver espaço, ou  ao invés de consumir sucos em caixinha comprar produtos na feira livre ajudando o comércio local e incentivando a produção rural, sem agrotóxicos

Alice usa Bugbee

*Adotar um animal, vaciná-los evitando assim que muitos animais sejam abandonados e entregues á rua e á fome e reproduzam indiscriminadamente.

Alice usa Elian
*Jogar lixo no lixo

*Reciclar embalagens, como por exemplo: uma caixa de sapato pode se transformar num baú  de leituras diárias com poesias, fotografias, versículos bíblicos, folhetos em geral.


São muitas as formas de se manter ativo e consciente de nosso respeito e participação ativa no contato com o meio ambiente, se cada um de nós fizer ao menos uma dessas ações estaremos valorizando nossa cultura e resguardando o planeta terra do colapso total e assim preservando a vida de todos nós.

Cuide da terra!

Paula Belmino

terça-feira, 21 de abril de 2015

Um Mocassim Para Amar



Entre os ítens de moda que mais tem ganhado força  na moda infantil os mocassins tem ganhado destaque, tanto pelo conforto como pela combinação perfeita com quase tudo as crianças adoram e a  Alice em em especial que não gosta nada de usar meias, e como moramos no Nordeste , por aqui é quase impossível o uso de meias, sendo assim nosso inverno bem tropical, em alta temporada , só á noite esfria um pouco devido a nossa localidade quase 800 metros acima do nível do mar. Fora isto nem poderíamos usar sapatos fechados devido ao tão grande calor que tem feito nos últimos tempos. O bom dos Mocassins que além de lindos, são coloridos, cheios de bossa e deixam as meninas super á vontade para aproveitar tanto dias mais frios, quanto os mais calorosos.



Destacamos a marca Love Shoes and More, nossa parceira que produz lindos modelos de mocassins coloridos, de maneira artesanal á base de couro  com detalhes em pedras, ou pérolas, flores em couro e muita arte pra não deixar os dias cinzas sob encomenda e com o conforto de entregar em casa via correios.

http://love.iluria.com/



A Love Shoes and More foi destaque na Revista Lançamentos na matéria Um Mocassim para amar, que demos título a nossa postagem




Paula Belmino

*Na primeira foto Alice usa:
Conjunto Beijinho
Colete em pele sintética Beijoka
Nocassim animal Print Love Shoes and More

**na segunda foto
Conjunto Pakita Modas
Mocassim com strass  colorido Love Shoes and More

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Aposte no Vinho






Dizem ser vinho
Modernamente o chamam marsala
Um tom de vinho mais claro
Puxado pro marrom
Ou pro rosa
vermelho batom
Aposte no vinho
No inverno este é o tom
Das cores quentes da estação
Vinho é a cor tendência
E combina com vibração
Aposte no vinho
A cor que transita suave
entre o preto e vermelho coração.

Paula Belmino

Poesia para apresentar alguns looks da marca Lecimar na cor quente da estação outono inverno 2015: Vinho.





A cor está presente em blusas, casacos, leggings, vestidos e agrada todos os gostos.
Confiram:
















domingo, 19 de abril de 2015

Um lugar para guardar



Agasalhando o amor
Sob á sombra de uma velha árvore
Um livro na mão
E o pensamento a voar
Colhe da infância o fruto mais doce
Lembranças a colecionar
Vestindo estampa de animais
Desenhando na vida emoção
Colhendo frutas de amizade
Entre passarinhos e os galhos da árvore
Vida a se insinuar
E no tronco antigo sentada
A menina se põe a fantasiar
Um livro na mão
E a face o vento suave a beijar
Agasalhando amor
E delicados momentos  na palma da mão a guardar.

Paula Belmino

Com esta poesia inspirada num dos lugares mais lindos de minha cidade, onde há uma velha árvore onde vivi minha infância, ainda permanece de pé com ela os sonhos e as minhas lembranças de menina serelepe a correr pelo pátio da casa das freiras a brincar. Hoje a  Alice na mesma idade que eu já ler, brinca de subir em árvore, e adora flores, folhas e passarinhos, aproveitei para registrar sua infância com pitadas de minha saudade de um lugar mágico onde cresci e as brincadeiras ali foram alimento pra minha alma iluminar.
Confiram o ensaio em parceria com as marcas Lecimar e Pé com Pé Calçados.
A Lecimar na coleção Inverno 2015 aposta na estampa super fashion animal print com destaque na cor rosa que as meninas adoram, misturando-se ao pink casaco em poliéster e legging 100% algodão de ótima qualidade super quentinhos com detalhes em botões dourados para deixar as meninas lindas nos dias de inverno. No pé sapatilha super confortável e testada de acordo com as normas médicas
Confiram as imagens:











sábado, 18 de abril de 2015

Quase um Passarinho



Hoje é comemorado dia nacional do livro infantil e aproveito a data pra apresentar o Livro: Quase um Passarinho de Pablo Morenno, pela editora Physalis nossa parceira no blog Poesia do Bem. o livro conta a história de um menino que sonhava em voar, e fez de tudo para realizar seu sonho, de cair com a cara no chão, se sujar todo na lama e no esterco da fazenda ao subir no telhado e tentar voar, onde vivia quando criança tentou peripécias mirabolantes no intuito de voar com asas inventadas, até descobrir nos livros um plano para realizar seu voo ainda sem sucesso, mas que com ajuda da professora descobriu que ler é mais decodificar palavras e que estas tem duplo sentido, podem brincar, dizer outras coisas nas entrelinhas, até o menino entender assim que para voar, não precisava ter asas, bastava usar sua imaginação.
É o que tentamos todos os dias fazer com as rianças na escola, com a filha aqui em casa, incentivar a ler, gostar das palavras, sentir vontade de aventurar-se nelas e voar num mundo desconhecido e se tornar amiga das letras.
Leiamos para quem se ama, todos os dias, numa revoada, num momento a sós, voando nos versos, nos contos, nas entrelinhas, voemos juntos, de asas abertas, quase um passarinho voando nos livros de braços dados e entregues ao conhecimento.



Que as crianças sejam como passarinhos
Num voo acompanhado
Feito andorinhas em bando
Sob o céu estrelado
Voem nos sonhos
Voem na imaginação
Sejam livres e libertas
Do mundo da televisão
Que morem nos livros
Que tenham mais tempo para conhecer outros lugares
Um mundo repleto de alegria,
Contos de felicidade
Poesias de amor eterno
E achem nos livros muita criatividade.

Paula Belmino



Livros são como sementes na vala do arado.Vão se tornando plantas, ás vezes árvores, como se voltassem de onde nasceram.Livros viram verdade na nossa vida, crescem, dão sombra, frutos, reflerestam os desertos da existência.
Homens temos asas dentro de nós.Mas elas são apenas estruturas peladas, como as dos filhotes.Ter asas não é garantia de revoada. É preciso revesti-las com as plumas da imaginação.Fabrica-se imaginação lendo muitos, e muitos, e muitos livros.Jorge Luis Borges, um escritor argentino, disse que tudo o que o homem cria é extensão de sua mão, apenas o livro é extensão de nosso cérebro, de nossa imaginação".

Pablo Morenno



Para projetos de leitura com a presença do escritor, entre em contato:

 physalis.editora@gmail.com. 

Curtam a página da Editora Physalis



Alice usa:
Dedeka Homewear