quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Até as princesas soltam pum aqui em casa






Ontem recebemos um lindo presente do escritor Ilan Brenman  mestre e doutor em Educação pela Universidade de São Paulo (USP). Ilan Brenman é um dos principais escritores de literatura infantil do Brasil, com mais de 60 publicações no currículo, entre elas os livros: Conversa pra pai dormir, Pai, todos os animais soltam pum, mamãe e um lobo , o pó do crescimento e muitos outros. Além de livros publicados o escritor escreve na coluna da revista Crescer  com textos do cotidiano e inspirados da sua vida com suas duas filhas. Com um currículo e competência para escrever para as crianças Ilan encanta  crianças do Brasil todo e  agora aqui em casa com este livro que conta o segredo das princesas.
No livro a protagonista Laura quer saber do pai se as princesas soltam pum, pois por este motivo brigou na escola com o amigo, já que para ela e as amiguinhas princesa alguma pode soltar seus puns por ai. O pai de Laura é amante de livros e mostra  a ela um livro antigo onde revela que algumas princesas como Cinderela e Branca de Neve também tinham seus problemas  gastrointestinais e  de vez em quando soltavam pum, tanto é que Cinderela na hora do baile sentiu essa vontadezinha  e correu à meia noite do príncipe, justo por esse motivo.
De maneira lúdica e divertida o autor trabalha  assuntos que para a maioria das pessoas é falado com nojo e indiscrição, mas mostra que é natural de toda espécie humana e que todos somos iguais. Se até as princesas que pareciam perfeitas soltam pum, então todos nós podemos  também, mas sem espalhar este segredo por ai.
O livro até as princesas soltam pum é título da editora Brinque -Book que tem como lema fazer histórias e estreitar laços, e  foi justamente o que aconteceu aqui em casa, pois tivemos a oportunidade de estreitar laços aproximando leitor e escritor, uma forma de que a criança perceba que o livro tem uma funcionalidade seja divertir, entreter, informar e encantar e no caso também esta é a intenção de quem o escreve, já que escreve para um fim, seja para dialogar, mostrar um mundo novo, sensibilizar, falar de assuntos  em questão nos dias atuais ou apenas  instigar a imaginação e a vontade de ler cada vez mais.
Além de todo encanto do livro, a editora Brinque -book ainda disponibiliza no livro o aplicativo ler e ouvir, que é uma nova tecnologia e recurso para aprimorar a leitura e a vontade de ler cada vez mais. Os títulos da editora contam com leituras gratuitas gravadas em MP3 com locução profissional e efeitos sonoros. Essa leitura pode ser acessada via smartphone ou tablet, escaneando-se o QR code no interior do livro.
Alice gostou muito do livro, e de suas ilustrações e ferramentas que aprimoram o modo de ler e ouvir a história. Outra maneira carinhosa de estreitar laços foi a dedicatória e autografo que o autor  nos mandou para que ela e meus alunos pudessem receber este livro presente como algo especial. Se aqui em casa o livro revolucionou as ideias e o incentivou ainda mais o gosto pelo novo e misterioso , na escola não será diferente. Agora é esperar o ano letivo iniciar para ler e mostrar aos meus novos alunos que com certeza também ficarão encantados.
Obrigada Ilan Brenman pelo presente e atenção. Um livro e um carinho assim mudam pessoas e sentimentos, mudam o mundo!

Paula Belmino

7 comentários:

✿ chica disse...

Que presente legal e Alice deve ter adorado! bjs praianos,chica

Daniela Roos disse...

que legal!!! este livro deve ser ótimo!
beijocas

Dani Garlet disse...

que legal esse livro :)
hahahhh

beijokas
Dani - www.danigarlet.com.br

Maurélio disse...

Que bacana o presente menina Alice, beijos, parabéns

Sapecas Lu Bonfante disse...

Que bacana, bom conhecer, pois meu filho adora livros. Bjs
www.soumaededoisanjinhos.blogspot.com.br

carita disse...

Ganhar livros, coisa rara de acontecer...mas é um excelente presente...Parabéns Alice vc merece!!! Quando vir aqui em s. simão, traga que quero ler...

Vida disse...

Nossa que legal hein Paula esse livro dever ser muito bom mesmo, fiquei encantada só de ler a matéria...