sexta-feira, 3 de outubro de 2014

15 anos de uma borboleta




Artilia Sara

O teu nome eu escolhi,
 de uma borboleta?
de um sonho que eu tive,
 de um sussurro do amor ao meu ouvido?
O mais doce dos nomes, o meu preferido.

Aguardei ansiosa o tocar de tua mão
Na barriga de tua mãe eu te gestava
O mais lindo dos poemas
Você sempre foi minha doce inspiração
A mais singela das flores, a plena afeição.

Dia a dia a te esperar
E ao nascer teus olhos negros me roubaram
E eu só vivia sob a luz de teu olhar
Seus pequenos pés pisaram as cordas de meu coração
E no teu sorriso me fiz escrava da emoção.



Cada canção de ninar
Cada poesia ou cantiga ao luar
Papinhas e fraldinhas, brinquedos para brincar
Choramos muitas vezes de alegria
Nada, nada nos afastaria.

É que sua alma foi esculpida junto à minha
Sua voz foi feita para acalmar meus dias sozinha
Seus lindos cabelos trouxeram o perfume das mais lindas flores
e sua mão sempre se  acomodou em meu peito a me acalmar
És o anjo que do céu veio me abençoar.

Hoje faz 15 anos de puro encantamento
Você vive no meu pensamento
E mesmo a distância, o tempo, as dificuldades
não são capazes de nos separar
Eu só vivo porque tenho você, meu primeiro amor para amar.

Uma menina doce e delicada, um exemplo de amizade
Sonho que eu sonhei e Deus projetou pra mim
Asa de querubim que me faz voar
Gota de orvalho que sacia minha sede de ternura
És desde que nasceste minha candura.

Hoje entras no ciclo da juventude
Uma rosa se abrindo pra da vida á plenitude
Um conto bonito que eu gosto de ler e escrever
Mesmo o tempo voando ainda és minha criança
E para sempre serás minha doce esperança

Os pássaros cantam ao te ver
O dia só fica mais bonito com você
E toda esse jardim de primavera na minha alma
Só perfuma por tua existência
Meu primeiro amor, minha alma gêmea, minha essência.

És o meu amor primeiro
A razão de meu sorrir, o poema mais verdadeiro
Alegria infinita que guardo em meus lábios.
A linda borboleta que com suas asas me faz voar
O anjo doce e mais lindo a me guardar.

Paula Belmino
Para minha sobrinha Artilia sara de quem sou eternamente amada, e por quem sonho sonhos de amor. Hoje ela faz 15 aninhos e para mim o tempo não passou, é ainda flor mais delicada de meu jardim


4 comentários:

Maria Rosa Sonhos disse...

Que poesia maravilhosa para a linda borboleta debutante! Parabéns! Beijo! Renata

Anne Lieri disse...

Paula,quanto amor nesta linda poesia! Felicidades Artilia! Que Deus te abençoe hoje e sempre! bjs,

Tina Bau Couto disse...

Linda ela!
Linda homenagem!
FELICIDADES MIL para as duas :)

✿ chica disse...

15 anos já??? Linda!! Parabéns! Dia 5 a Alice estará no sementinhas.Aviso pois a conexão aqui é péssima e posso não conseguir! bjs praianos,chica