domingo, 5 de abril de 2009

A Princesa e a Natureza






A princesa adora brincar na grama
Esquece os sonhos e com os insetos se encanta
Formigas, joaninhas, grilos que cantam.
A menina está sempre deitada no chão
Roda, pula, adora girar como pião.
Borboletas coloridas
Borboletas que dançam
Fazem a menina descobrir a vida
E adorar ser criança
Ouve os passarinhos
Olha em cima das árvores lindos pica-paus
Quer alcançá-los
Que ternura sem igual!
A princesa desfaz-se do seu castelo de estrelas
E gosta mesmo é de brincar com coelhos
Corre atrás dos cachorros
Ama apertar os gatos mimados
Sorri ao andar de cavalo.
A menina é levada
Menina traquina!
Adora ver os peixinhos em sua piscina!
Fica horas e horas sentada no chão
Olhando as formigas levarem seu pão
Mas as formiguinhas não sabem ser gente
Picam a menina que fica irritada
E camufla-se de folhas pra não ser torturada!
A linda menina adora a natureza
Deita-se na grama e finge ser folha
Só levanta dali se é pra com sabão fazer bolha!


Paula Belmino
*Para minha filha Alice Rute, ela adora brincar na grama mesmo que se fale mil vezes que as formigas vão deixá-la vermelha, como não atende, melhor passar-se repelente.

4 comentários:

Andreia disse...

Oi Paula tudo bem? Como sempre linda poesia e é tão bom querer ser folha, ser verde, parte da natureza pois quando o ser humano perceber que faz parte dela veremos um planeta belo e vivo.
Bom domingo para você e sua filha, bjsss no coração!!!!

Chica disse...

Lindo, como sempre! E isso sempre foi e acho, será assim para sempre! Crianças, gramas, chão, tudo combina...Os bichinhos é que não lembram que as crianças são amiguinhas...Um bom repelebte ou pomada pós picada, passa! Mas vale a pena! beijo,chica

denise_brandt disse...

Oi Paula! Adorei seu blog, muito rico de palavras e textos, voltarei mais vezes! Bjos, Denise

bergilde disse...

Linda Alice e bela poesia para esse periodo em que a Natureza grita por socorro também. Aqui na Italia aconteceu um terremoto,estamos tristes, mas feliz pascoa para todos voces!