quarta-feira, 1 de abril de 2009

Por que Mentir?








Pra que mentir? Se iludir?
Se a verdade tudo liberta
Tudo sana
Tudo transforma!
Pra que enganar?
Ser irreal?
Se a veracidade se faz em nós um bem
Muito melhor que o doce do amor?
Pra que mentir?
Fazer-se infame?
Se a verdade cativa
Faz doer mas corta a raiz de todo mal.
Pra que mentir?
Pra que enganar?
Amarrar-se ao torpe
Ao engano e a insensatez?
Se a verdade tudo esclarece, tudo apazigua,
Tudo torna sagrado?
Mentiras são opróbrios
São mutilações do caráter
A fuga da realidade
Ou a má escolha pra se dizer algo
Mentir faz crescer a culpa
E leva a mais de mil mentiras além dela
Mentir não é bom caminho
Nem se leva a lugar nenhum
A verdade dura e crua dói menos que uma mentira
Aproximemos da luz!
A verdade tudo liberta
A verdade tudo apraz
Mentir não traz boa sorte!
Mentiras... Jamais!

Paula Belmino
*Ao dia da mentira que todos vemos como um dia pra se fazer brincadeiras, até ai tudo bem, porém em qualquer que seja a mentira estamos enganando, produzindo o engano.Como pais e educadores somos modelo e qual filho nos terá como espelho se mentimos, fingimos, nos escondemos atrás de mentiras.Em tudo e pra tudo a verdade deve ser dita! Transparência sempre!

3 comentários:

Anne Lieri disse...

Paulinha,beleza de poesia!Mentir não é mesmo legal e seu poema retrata bem isso!Bjs,

Chica disse...

Lindo,Paulinha.Queremos a Verdade, ainda que nos machuque! Sempre é melhor do que a mentira! um beijoi,chica

Welma Lima disse...

Nossa! Que lindo poema! Espetacular! Muito bom. Parabéns! Vou divulgá-lo no meu blog... pode ser? Claro, com o seu nome. Abraços!