sexta-feira, 1 de outubro de 2010

saudade que dói


Saudade de passar mais tempo com você

De sentir seu cheiro e te ver crescer

Brincar e admirar você brincando de casinha

Sendo a mãezinha e as bonecas suas filhinhas

Mas a mamãe precisa trabalhar

Pra dar o melhor

Pra poder garantir seu futuro

Juro que se pudese deixaria tudo

Pra estar pra sempre ao seu lado

Dói em mim sair cedo e voltar ao anoitecer

E não ouvir seu sorriso por mais tempo

Nem dar banho

Não fazer seu prato preferido

Sua mamadeira sagrada

Seu desenho querido

Filha como dói!

Mas a vida é assim

Sacrifícios

Lutas pra chegarmos aonde desejamos

E logo tudo se ajeita

Espero que você não cresça tão rápido

A ponto de passar despercebido pra mim

Quero ser seu porto seguro

Sua mão estendida

Seu colo bonito

Seu abraçar

A poesia que faço pra você não findará

Apesar do tempo não colaborar

Guiarei meu pensamento ao seu lado

Escreverei logo em breve os sonhos e contos de amor

E Deus nos presenteará com momentos belos

Pois agora dói essa saudade

Essa separação provisória

E logo tudo se encaminhará!


**Como estou trabalhando em dois períodos agora minha linda Alice sai de 6: 30 da manhã e só a vejo a noite está bem difícil, por isso sumi daqui tbm peso aos amigos que orem por nós.Bjs

4 comentários:

Minéia Pacheco disse...

Olá Paula,

Imagino o quanto deve está sendo difícil para você passar um dia inteirinho longe da sua filhinha, realmente não é fácil!

E o tempo passa tão rápido...

Tenho certeza que o amor dela por você só vai aumentar, pois ela está vendo o quando a mãe é batalhadora e faz de TUDO para seu bem e seu conforto!!

Fiquem em paz... Beijos!

Chica disse...

A vida é assim mesmo!Trabalho e trabalho!mas depois vale a pena!beijos,tudo de bom,chica

Candi Doces disse...

Paula,
notei que você andava sumida do blog, twitter, msn...imagino como está sendo difícil para você, e para a Alice também.
O tempo realmentre passa muito rápido,mas com certeza a Alice entenderá o seu sacrifício e saberá dar muito valor ao que você está fazendo por ela.
Beijinhos amiga, oramos por vocês.

Marisa disse...

Que lindo poema!!! O mesmo dilema que nós, mães que trabalham e se divedem nas mais diversas funções. Lindo tema... amei seu blog!!! Apareça no meu para uma visita, tem poesia também!!!
Beijos,
Marisa

http://balaiodeideias-marisa.blogspot.com/