sexta-feira, 31 de março de 2017

A cantiga de dona baratinha



Dona baratinha quer comprar
uma fita de cabelo pra se adornar
faz tempo espera um marido
e o dinheiro na sua caixinha já perdeu o valor
vive na janela a lamentar a baratinha
nenhum bichinho ainda encontrou pra namorar
depois de passar por ela gato, bode, cão e castor
um ratinho tão delicado por ela se apaixonou
mas era guloso e caiu na panela
no dia do casório morreu na feijoada
deixou a baratinha à espera.
Agora ela vive a sofrer de paixão
na sua janela a pensar sem solução
Que fazer com o dinheirinho?
E logo lhe aponta o senhor grilo uma solução:
Compra uma fita de cabelo e se pinta
Pra ser feliz com os amigos
Desfilar por ai a passear
No meio de borboleta, joaninha
e abelhinhas a zunir
uma fita amarela no cabelo
ela canta todo dia  assim:
Com amizade e canção se cura toda dor
de cabeça enfeitada de fita amarela
Um sorriso aberto e muito batom
Canta feliz na janela dona baratinha:
A amizade é remédio para dor de amor.

Paula Belmino


3 comentários:

Kunti/Elza Ghetti Zerbatto disse...

Gosto de escrever a respeito de insetos, aranhas e fadinhas, aliás são meus carros-chefes,rs.
Porém baratas não sou muito fã.Tenho poucas estórias delas.
Sua estória ficou muito divertida.
Parabéns!

✿ chica disse...

Tu sempre bem inspirada! Linda cantiga! Um amor! bjs, chica

Renata disse...

Com carinho, tudo se cura. Linda poesia e imagem. Feliz fim de semana! Beijo. Renata e Laura