quinta-feira, 14 de maio de 2009

Estrela Distante





Estrela distante
Mudou a rota de seu caminhar
No céu perto da mãe lua
Acena a quem ver passar

Encantava minha noite
Meu sonho? Voltar a lhe tocar
Guardo, porém o brilho celeste,
Que sempre está a me banhar

Saudade deixou aqui
Em noite de maio a brilhar
A estrela reluzente
Mudou de constelação foi passear

Ao lado da lua mora
Com mil cometas viaja
Passa de órbita em órbita
Embelezando os planetas que passam

Mas meu coração é seu lugar
Nele ela ilumina e faz bem
Estrela formosa e reluzente
Guia meu futuro além

É feita de cor essa estrela
De luz divina e querubim
Anjo que mesmo do céu perto da lua
Ofusca seu amor em mim.


Paula Belmino
*para minha sobrinha Artilia sara.Hoje na página do site http://perfeitosefordoseujeito.blogspot.com/ em poesia da semana! Visitem e deixem seu recadinho pra ela lá.De á distante a estrelinha há de escutar!

3 comentários:

Liciane disse...

Que linda poesia! Emocionante.

Chica disse...

Linda Artilia e a poesia! beijos,chica

Déia disse...

Que delícia conseguir colocar em palavras o que se sente no coração!