sábado, 24 de outubro de 2009

Fogo da Paixão




Eu sinto o cheiro do amor
No ar
No teu olhar de candura
No vento a soprar
Traz a surpresa da paixão
O silêncio da ternura
E dentro de mim explode um vulcão
De saudade...
De desejo
De mil sentimentos afins
De ânsia de teu beijo
De tocar tua pele de cetim

Eu sinto o sabor da paixão
No crepúsculo e no luar
Toco o céu feito nuvem
E ouço de anjo o teu cantar
Traz a melodia de um sonho
E dos amantes o enamorar
E dentro de mim queima como fogo
O amor em carne e alma viva chama
De paixão...
De anseio
De frenesi em amplidão
De vontade de ter teu beijo
De poder tocar a tua mão

Eu sinto o amor me revirando
E dentro de mim sou só tua
Sou amor, fogo e paixão!


Paula Belmino

3 comentários:

Chica disse...

Um lindo e apaixonado poema,Paulinha!beijos,tudo de bom,chica

Mimirabolante disse...

Que paixão !!!!!Está certa amiga....é mt bom estar apaixonada !!!!!!!!!bjcas.....

ONG ALERTA disse...

A paixão é bela mas precisa ser bem conduzida para se tornar amor e ficar eterna, paz.