quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Primavera


Primavera

Dona primavera foi no quintal
Catou as roupas do varal
Pegou pedrinhas para o jardim
E foi plantar nele um lindo jasmim
Rosas que colorissem o dia cinza de inverno
E dessem a ele a magia de um dia terno
Primavera estava cansada
De tanta roupa pesada
Desejava colocar regata e short
E numa linda praia se bronzear
Mas o sol ainda tímido pouco saía
E primavera o quis ajudarPlantando na frente de sua casa
Muitas flores a perfumar
Lírio, cravo, girassol,
Para o sol nele girar.
E raiando o dia dona primavera
Com borboletas e pássaros foi passear
Regando as sementes das tardes frias
Fazendo elas germinar
Nasceram rosas e amores
Calor e borboletas a se beijar
E o sol brilhante logo se chegou
Para a primavera alegrar
E assim a primavera tornou-se amiga das flores
Mãe que cuida e faz crescer
Voando ela por cima das flores
Colorindo desde o dia ao anoitecer
E voando ela uma vez ao ano fazia sempre as flores desabrochar
Assim o mundo todo a nomeou
Dona primavera você será responsável pelas flores regar
E assim o mundo sempre anseia que em cada vôo Primavera venha os visitar
Regando vida e abençoando
Flores nascendo em todo lugar!


Paula Belmino
*foto de minha linda Alice apaixonada pelas flores, fazendo mágica para que cresçam bastante.

5 comentários:

Alethéa disse...

Amei a foto!
Abraços!

Mgomes - Santa Cruz disse...

olá Paula; Lindo foto e lindo poema a Primavera acabada de chegar ai no Brasil já que em Portugal acabou de Chegar o Outono.
Beijos
Santa Cruz

Edna Lima disse...

É a natureza festejando,se renovando, pra mostrar que está de roupa nova bem colorida.
Saudades. Bjs. Edna

Minéia Pacheco disse...

Olá Paula,

Que lindo poema... Feliz primavera para você e para a Alice!

Como sempre ela está muito linda na foto!!

Beijos e fique em paz!

Mel Redi disse...

LINDÍSSIMO POEMA, PAULINHA! FOTOS LINDAS!
Bj da Mel