domingo, 11 de dezembro de 2016

A flor branca da paz






A flor branca da paz 
Exala ternura e graça 
Perfuma a alma
A rosa branca da paz .
Delicada e calma
Fala de sonho
Canta o amor
É conforto pra rubra dor
A flor branca da paz.
Em silêncio diz de sonhos
Semeia esperança 
Encantada e aconchegante 
É pureza na mente
Pacificando a vida
Eternizando instantes
A flor branca da paz.
É raro presente 
Atenua o sofrimento 
E aos olhos cansados 
É alva semente
A flor branca da paz 
Floresce o amor na alma da gente.


Paula Belmino 


2 comentários:

Felisberto N. Junior disse...

Olá, Paula,boa tarde...mui belo...eu sempre tive a opinião que os seres humanos são , por vezes, bastante complicados, e muitos deles são egoístas e sendo a paz , o resultado de uma construção pessoal e coletivo, o alicerce tem que nascer ,antes de mais nada, no coração de cada um de nós...que a flor branca da paz floresça mais e mais!
minha última participação aqui em 2016, agradeço pela valiosa companhia interativa durante este ano que já está terminando, os meus desejos de Boas festas e abençoado ano de 2017, para ti e familiares, belos dias,abraços, T+

Renata disse...

Muita ternura na poesia e em Alice, a inspiração! Beijo! Renata e Laura