quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Sem VOCÊ


Sem você...

Choro, sofro

Me desespero

Lembro do riso que havia em mim

Lembranças de um passado azul

Desejos que não vivi.


Sem você

Ando vagando

Melancólica

Reclamando

Triste , abatida

No fundo do poço de vez em quando

Mas, é preciso seguir a vida

e enxugo o pranto!

Luto com garra e espada

Esqueço por instantes a dor no peito e consigo me erguer.

Só pela lembraça doce que tenho em você!


Sem você...

As vezes rio,

Ás vezes me enfureço de saudade

E descubro que a vida é sem cor sem seu sorriso aqui

Sem sua boca a me beijar

E falar coisas profanas ao meu ouvido

Ai os gemidos....

Os que sempre ouvi...Não esqueci ...gravados em mim!


Vivo...

Sem você...

um dia por vez

Um sonho a sonhar

O de lhe encontrar

E poder dizer dese amor tão profundo

Que és meu mundo

Meu velejar!

Poema e descansar!


Ai sem você....

Sofro todos os dias

E quando passo por alguém com teu cheiro perco o chão

Me dá tonturas, fico em ebulição

Essa sede que tenho de te beijar

De tocar suave tua mão

Ferve meu coração!



Sonhar contigo?

Ah! me deixa sem saber que caminho seguir

Preciso lhe encontrar!


Sem você...
Fico sem chão

Eu sou ninguém e bebo dessa solidão

E pra não morrer de saudades

Eu invento esses versos cheios de paixão!


Paula Belmino

*Hoje mais apaixonada que ontem



*****Amigos que ainda não votaram na Alice me ajudem:




2 comentários:

Anne Lieri disse...

Paulinha,que poesia mais apaixonada e linda!Cada dia vc tem uma mais bonita!Quanto ao livro de poesias,faça sim!Junte as que mais gosta e mande para orçamento sem compromisso nas editoras.Eles podem dividir em várias vezes.E do jeito que vc é comunicativa vai vender tudo!Se quiser te indico algumas que conheço.Bjs,

Liz Dantas disse...

QUE COISA MAIS LINDA,ADOREI