quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Testemunha da Paixão


Lua prateada
Enamorada
Candura
Vigilante da paixão
No céu estrelado
Cintilante tentação

Ópio que embriaga
O coração apaixonado
E deixa o corpo em estupor
Lua
Um anjo a iluminar
Os amados a se amar

Corpo zeloso
Lua a inspirar
Versos e poemas
Abraços e beijos ao luar

Cálido
Cristal
Ser reluzente
Diamante a brilhar.

Lua dos amantes
E dos apaixonados
Dos que a sofrer e a amar
Desejam que a lua os venha testemunhar
De um amor possível e grande
Que acenda e inflame
A lua no seu olhar!



Paula Belmino

2 comentários:

Mgomes - Santa Cruz disse...

Olá Menina. Linda poesia Lua que aquece os apaixonados e que faz brilhar a luz do amor.
Beijinhos
Santa Cruz

Chica disse...

Linda lua que tanto inspira!beijos,tudo de bom,chica