quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Dia mundial do gato



Gatinho danado
Que enrola o novelo de lã da avó
Sobe na estante, dorme no sofá
Sempre busca onde se esparramar
Esguio e astuto espia tudo ao redor.
Pula a janela
Dá de ares à conversa fiada
Só quer dormir o dia inteiro
Pra noite sobre o telhado
Fazer pra lua uma serenata
Gatinho manhoso
Quer colo e carinho
Ronrona delicado
Pede afago e beijinho 
Não deixa um ratinho passar desconfiado
O aquário? cuidado!
Gatinho sapeca dorme com um olho  aberto e outro fechado
E se se descuida 
Era uma vez um peixinho dourado!

Paula Belmino

Essa é nossa poesia em comemoração ao dia mundial do gato, que por aqui fazem a festa no telhado, entram no forro do quarto, miam á noite no cio pra lua, brincam, catam besouros no jardim e atrás da Alice miam sem fim. 
Além da poesia trago as roupas da Elian coleção tropical 2016 com print dos felinos mais amados do Brasil.
A Elian está sempre envolvendo temas da natureza  e estampas de bichinhos fofos para incentivar as crianças a conviverem em paz com a natureza e aprenderem a cuidar e respeitar os animais, afinal somos todos responsáveis pela promoção da vida e a plena consciência de cuidar do planeta.
Confiram só:





Alice usa Elian

Para conhecer a coleção completa:  http://www.elian.com.br/

2 comentários:

Evanir disse...

Eu não sabia que existia o dia do Gato também.
Foi surpresa para mim e como eles merecem nosso carinho.
O poema é divino o gatinho lindo.
A minha gatinha sumiu a cerca de um ano
foi muito triste não saber para onde ela foi.
Um beijo carinhoso.
Evanir.

Maria Rosa Sonhos disse...

Por aqui os vemos pelos muros e telhados, fofos e bem espertos!! Beijo! Renata e Laura