sexta-feira, 22 de julho de 2016

Casa de Avó ... É coração.






De chão de terra batida
No meio do sertão
A casa de taipa abriga pequeno e grande coração
Amor entre as miudezas da cozinha
No pé do fogão a lenha
Comida de avó na panela de barro fumega
Café moendo no pilão
Do quintal se avista o mundo
Se brinca com patos, galinhas, guinés
Vida de sertão é alegria
Que vida boa que é!




A avó prepara  a comida a cantar
A chaleira assobia com ela canções de ninar.
E enquanto a menina dorme tranquila,
A avó prepara colchas de retalhos
E borda à mão o amor pela neta querida
Em fios de cor sob a luz da lamparina.
E benze com mato e fé
Guardando a alma da menina


Vida vivida no sertão
Em casa de taipa simplicidade se vê
Aos montes o amor aquecendo
Fagulhando como a lenha que queima e aquece o pé.
Casa de avó é maior que o mundo
É rico tesouro a perfumar com carinho e emoção
Casa de avó... é coração.

Paula Belmino

Esse é o registro de um momento especial vivido pela Alice e sua avó paterna depois de mais de 3 anos distantes , o reencontro. A avó veio nos visitar no RN e juntas fomos passear pelas terras do seridó riograndense , e entre as andanças se deparar com a cultura do povo sertanejo e desfrutar boas lembranças e guardar memórias afetivas, do que se faz melhor a vida.
A Alice usa Look Jeans coleção Inverno 2016  na calça jeans e na blusa linda que brilha e reflete muito amor e cuidado para dias mais frios. 

Confiram:





Agradecimentos especiais à Pousada Colina dos Flamboyants que nos cedeu espaço e nos recebeu com alegria.

5 comentários:

Toninho disse...

Oi Paula a gente as vezes se sintoniza.
Terminei um texto onde falo de casa de vó das minhas lembranças.
Lá defino casa de vó como poesia, aqui coração e juntas cabem o mundo.
Muito linda e muito bom este reencontro e reviver belos momentos.
Tenho um amor por estas casas simples de chão batido, varridas com folhas de alecrim do mato.
Sinto o cheiro da fumaça da lamparina e o bom que vem do fogão à lenha.
Muito boa postagem que me inspira e afaga minhas saudades da vida simples e boa que um dia vivi lá pelas bandas de Minas.
Lindo look da Alice e as fotos ficaram belas.
Um bom domingo de paz para voces e que a nova semana seja leve e alegre.
Abraços e bjs para voces.

Renata disse...

Casa de vó é sempre recheada de lembranças que nunca nos esquecemos! É o ponto de encontro da família! Ficou linda a postagem, o reencontro, as imagens! Beijo! Renata e Laura

Kunti/Elza Ghetti Zerbatto disse...

Oi Paula!
Fiquei imensamente feliz com tua presença e cumprimento pelo meu aniversário.
Gratidão pelo teu carinho.
Sua poesia e imagens dessa terra abençoada que é o interior, mais este carinho gostoso de avó,
tocam o coração da gente.
Deixo um abraço forte a ti e Alice desejando uma semana de muitas alegrias.

Kunti/Elza Ghetti Zerbatto disse...

Oi Paula!
Fiquei imensamente feliz com tua presença e cumprimento pelo meu aniversário.
Gratidão pelo teu carinho.
Sua poesia e imagens dessa terra abençoada que é o interior, mais este carinho gostoso de avó,
tocam o coração da gente.
Deixo um abraço forte a ti e Alice desejando uma semana de muitas alegrias.

Bolhinhas de Sabão para Maria disse...

Paula, as coisas de vó tem seu lugar sagrado e casaram muito bem com esse cenário lindo cheio de amor. São uma das melhores lembranças da vida. Que alegria a vovó ter ido visitar Alice depois de três anos e que vovó linda heim...
Adorei sua poesia, cheia de ternura e amor, assim como Alice.
Lindo look

Beijos e bom dia

Tê e Maria ♥