terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Lei da semeadura!





Querem a sombra ,
mas podam, cortam, ofendem.
Querem a pureza do ar, 
mas poluem.
Querem toda verde cor,
 mas queimam a esperança.
Querem a beleza e a vida,
no entanto matam,
 destroem tudo que é natureza.
Querem a boa semente, 
porém não semeiam.
Querem colher o fruto doce,
e como seria doçura 
a semente de amargura?
No que se diz à natureza,
não se deixa vencer pela maldade e frieza humana
em árdua luta, avança
enverdejando a alma,e o olhar.

Paula Belmino

Essa é minha participação do blog da Chica Brincar de Poesia  no Botando a cabeça pra funcionar, que tem como objetivo se expressar e inspirando por meio de uma imagem a de hoje de uma árvore cortada ao tronco, mas que resiste e revive, nos dando motivos pra termos esperança.




Participem!

13 comentários:

✿ chica disse...

Que beleza,Paula. Falaste exatamente o que acontece em poesia linda! Adorei! Levei teu link! bjs, chica e obrigadão

Luísa Fernandes disse...

https://poemasdaminhalma.blogspot.pt/
Olá Paula Belmino, lindo poema, amei!! Como colher bom fruto, se não amamos a natureza, se poluímos sem pudor... sem tão pouco nos tocar, que o planeta e a humanidade estamos a matar!!
Parabéns, Paula Belmino, por ter poetizado um tão belo tema.
Beijinho e volte sempre
Luisa Fernandes

Ailime disse...

Um poema fabuloso tratando este tema com muita elevação.
Adorei!
Um beijinho,
Ailime

Toninho disse...

Que linda e dura inspiração amiga.
Queremos o verde e no entanto assistimos passiveis às matanças de arvores.
Bela participação com a arte de sua poesia sempre bela.
Abraços.
Bju para Alice e Hadassa.

silvioafonso disse...

Hoje eu te encontrei perdida
no meu jardim, por isso esse
perfume gostoso que vinha das
das flores...

Beijos,

silvioafonso


.

Cidália Ferreira disse...

Brilhante participação! :))

beijinhos

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida amiga Paula
A gente quer mas, não faz nada para ter resultados positivos ...
Muito bonito versejar
Seja muito feliz e abençoada
Bjm de paz e bem

Renata disse...

Teremos o bem se o plantarmos. Linda participação! Beijo. Renata e Laura

Estação Cigana disse...

Uma participação preciosa e certeira!
Gratidão pela presença e carinho.
Abração com carinho

Alfa & Ômega disse...

Um show de poesia relatando uma dura e atroz realidade! Seria bom, dura condenação, a quem tal ato mandasse ou cometesse.Não se destrói vidas. Bênçãos para si! Abraços!

Alfa & Ômega disse...

Um show de poesia relatando uma dura e atroz realidade! Seria bom, dura condenação, a quem tal ato mandasse ou cometesse.Não se destrói vidas. Bênçãos para si! Abraços!

Gil António disse...

Boa tarde. Passando, lendo e elogiando tão maravilhosa poesia - e imagens - que aqui é oferecida a quem vos visita.

* Vivências de Amor - Volúpia Incerta *
.
Desejos de um dia feliz

Bolhinhas de Sabão para Maria disse...

Que legal você participando do Botando a cabeça pra funcionar. Participei muito tempo..
Bela inspiração para o tronco..

Beijos,

Tê e Maria ♥