sábado, 14 de abril de 2018

Encontro



A ansiosa Dona Joaninha
queria logo encontrar
um bichinho parecido com ela
para ser o seu par.

Cheio de pintinhas
usando chapéu e paletó
um besouro colorido
para ser seu amor.

Buscou por todo jardim
de lá pra cá, de flor em flor
cigarras, grilos, formigas, pulgões,
nenhum inseto lhe agradou.

Dona Joaninha era exigente
só um inseto colorido ia servir
para se casar com ela
e a família construir.



E de repente encontrou
preto e branco um soldadinho
foi amor à primeira vista
ela se apaixonou pelo viuvinho!


E agora quem passa no jardim

vê entre as flores
uma joaninha colorida
e um soldadinho de paletó.

insetos preto, branco, vermelho e verde
um jardim de toda cor.
A natureza em sua diversidade
é um cenário de respeito e amor.




Paula Belmino


Ilustração de Danda Trajano



10 comentários:

✿ chica disse...

Que amor de poesia!ADOREI! E D.Joaninha sabe bem o que quer,rs bjs, chica

Genilda Maria da Silva disse...

Olá Paula! Que linda poesia falando da Dona joaninha! Criativa e admirável você. Abraços, fica na paz.

Elza Interaminense disse...

Boa noite amiga, você poetizou falando da Dona joaninha e ficou linda poesia! parabéns querida. Abraços

Anônimo disse...

I believed this was great. It reminded me of this.

Gil António disse...

Passando a fim de conferir uma excelente publicação. São lindas as joaninhas. Na minha terra - algures no Ribatejo - existem aos milhares. É um bichinho simpático.
.
*Mulher; Flores e Borboletas, em sintonia poética (Poetizando) *
.
Votos de um dia feliz.

Cidália Ferreira disse...

Bom dia!
Que postagem tão bonita!! Amei!!

Beijo. Bom Domingo

Gracita disse...

Oi Paula
Quem procura com afinco encontra o objeto de seu desejo e consegue realizar o sonho
Poema é uma doçura mágica. Parabéns minha amiga
Beijos e um feliz domingo

Lucia Silva disse...

Lindo encontro no qual floresce amor, amizade, felicidade, partilha e sentido maior para se viver. Linda a joaninha!!!
Beijos carinhosos!

Renata disse...

Muito linda a ilustração com a sua poesia! Me trouxe boa memória de Laura, aos 2 aninhos, vestida de Joaninha!!! Beijo. Renata e Laura

Alegria de Viver disse...

Que beleza de poesia Paula, admiro quem tem o dom de escrever poesias infantil, e vc poetizou talentosamente o desejo da Joaninha, ficou lindo, e fechou o encontro com chave de ouro!

Tenha um ótimo e abençoado dia!
Abraço!