terça-feira, 22 de setembro de 2015

Fios da Tarde




Das tardes que ficarão na lembrança... Brincadeira, corrida de bicicleta, horas no balanço, ou palavras jogadas ao vento, que desfaz o cabelo e leva embora o pensamento , mas cria poesia e realiza amizade.


Das tardes que ficarão para sempre no coração...O aconchego de um amigo, o gargalhar até dar dor na barriga, o cuidar e o brincar com os animais até o sol se pôr na serra e trazer a primeira estrela bela, deixando saudade de dias ternos.


Das tardes que nunca irão... A amizade sincera, o que se aprende na troca e os valores que vão passando de geração a geração, a harmonia, o respeito, o conviver em família, o construir castelos de areia, e laços que abençoam...O amor fazendo pontes para que o tempo não passe em vão.


Paula Belmino

Assim foi a tarde da Alice e a amiguinha Maria Letícia, uma tarde de brincadeira em dia de recesso escolar, muita amizade, conversa , andar de bike, brincar com o Tobi, balanço no parquinho do quintal, andar de patins até suar muito! O que mais se pode querer?

2 comentários:

Kunti/Elza Ghetti Zerbatto disse...

E é uma delícia poder ter momentos assim na vida!
Bela postagem!
abração com carinho

Maria Rosa Sonhos disse...

Uma tarde linda de boas memórias! Beijo! Renata e Laura