terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Em meio ao paraíso








Andar por campos abertos
Em meio ao paraíso
Voar sem asas
De alma leve 
Feito brisa
Fluir e sonhar.

Percorrer o caminho da sorte
Do amor e do bem
Nos braços da poesia viajar
Jardins coloridos
Flores abertas a esperar
E a cada vereda que se entre
O amor em versos  florear.

Nada mais é preciso na vida
Que pão e poesia
Natureza e sensibilidade para enxergar
Das páginas dos livros a oferta sublime
Um sopro de luz
Que nos transporta de lugar
Para sermos para sempre estrela e flor
Vento e pôr do sol
Vida que verte serenidade e alegria
Por onde passar.


Paula Belmino


Hoje visitamos a Biblioteca Sérgio Buarque de Holanda em São Paulo e nos encantamos, morar para sempre ali nos livros, nas aventuras se perder e se achar, em piadas, contos de fadas, ser princesa, mocinha ou vilã.
Ficamos ali a ver tudo, com a alma pulsando sem poder se conter, queríamos ler todos, pegar tudo, sentir o cheiro dos livros antigos, e descobrir as novidades.
 De estante em estante, no tapete, nas mesas, nas cestas milhares de livros a nos hipnotizar. Quando achamos Manoel de Barros suspiramos... Oh quem dera ficar ali para sempre!
Alice leu, brincou, se encantou, eu li para ela, mostrei as riquezas quase esquecidas de autores nobres de nossa literatura como Tatiana Belinky, Alvares de azevedo, Mário Quintana, e ainda lemos Ruth Rocha, Eva Furnari, Roseana Murray, e pedimos à bibliotecária que procurasse no arquivo se havia obra de Eloí Bocheco, ela não conhecia e claro aproveitamos para falar da beleza que é o escrito dessa autora que repertoria o imaginário popular, guarda a sete chaves em seus livros, as brincadeiras e cantigas, as lendas e a  arte de ser criança. 
Falamos um pouco de nosso trabalho com o blog e a literatura e ficamos ali quase perdidas entre tantos livros nos quais queríamos morar, a alma achar.
Por fim saímos quase levitando e com a certeza de que voltaremos a ler e brincar, a sonhar. E que para sempre essa memória afetiva será guardada no nosso coração.
Bom mesmo é ser livre em meio à poesia!











Assistam e se inscrevam no nosso canal no youtube sempre com dicas literárias

3 comentários:

Renata disse...

Beleza de passeio! Como é bom estar numa biblioteca, amei!!! Beijo! Renata e Laura

✿ chica disse...

Muito legal isso! Aproveitem! bjs, chica, em férias também!

Toninho disse...

Posso imaginar a alegria de voces.
Conheço e me senti pinto no lixo.
Belo passeio Paula e nossa Alice está grande mesmo e assim
envolvido com livros logo teremos uma poetisa.
Abraços para voces.