sábado, 12 de agosto de 2017

Super Pai





Quem é o herói
que está sempre ao meu lado
me cobre de beijos
e me abraça apertado?


Comigo sonhou, me desejou
antes mesmo de me conhecer
cuida de mim todos os dias
e me amou antes mesmo de me ver?


Na hora da brincadeira
É minha companhia
antes de dormir me conta histórias
dia e noite é minha alegria.


Não tem super poderes
mas me protege do mal
Não precisa de capa ou de máscara
sua força é o amor real.


Vive comigo mil aventuras
empina pipa, joga bola
me ajuda na lição de casa
me embala, pula, deita e rola.


É meu Pai, meu super herói
que luta pra me dar sempre educação
me ensina valores de amizade, 
O herói perfeito que trago no coração!

Paula Belmino


E nossa homenagem aos dia dos pais, que é mesmo todos os dias , vem acompanhada de leitura do livor lindo que nos inspirou nesse ensaio fotográfico com parceria da Look Jeans.

O livro: Super de Jean-Claude Alphen pela Editora Pulo do Gato , nossa parceira que nos mandou esse livro para nossas ações literárias e já está fazendo sucesso entre as crianças e seus pais.
O livro Super traz uma narrativa que o leitor pode ir acompanhando e vendo a rotina de sua família, o livro, ora mostra o pai como super herói que corre, voa para o trabalho, ajudando a mãe, ora mostra a mãe também sempre ali a cuidar da família. Um enredo de estabilidade e desequilíbrio, de rotina e descobertas, inquietações, do valorizar a família e os super heróis de verdade que dão a vida na luta diária para colocar o sustento do lar, em meio às crises, tudo de forma lúdica que cabe ao mediador da leitura e ao leitor compreender nas entrelinhas a forma como os pais e suas funções são realmente heróis nos dias de hoje.
O Livro também mostra o olhar infantil, e revela-se nas inferências, que nem sempre é apenas pai o provedor, nem sempre a mãe se ocupa apenas do lar. Sejam pais presentes, ou pais ausentes devido a rotina árdua do lar e da vida profissional,  são eles responsáveis e muito importantes na formação afetiva e cognitiva da criança, e à maneira de cada um, amam os filhos. Amor esse que se alimenta nos gestos, nos momentos de brincadeira, na troca de afetos, na hora do brincar. Pais que aprendem a cada dia, o amor, afinal não existem pais perfeitos, existem pais que aprendem a cada dia a educar, a serem pais.



Hoje a Alice leu com o pai dela, e as amiguinhas Anayara e Ana Laura com o sue pai Ailton, e assim comemoramos com fotografia e leitura esses momentos de abraço, afeto, carinho, nos dias em que está mais difícil ter tempo para os filhos, a literatura pode ser o tempo significativo e muito importante para esse enlace e aproximação dos pais com seus filhos.







Para saber mais do livro:

Super
texto: Jean-claude Alphen
ilustrações: Jean-claude Alphen
56 páginas
24x24 cm
preço de capa: R$ 44,50
isbn 978-85-64974-98-2



Todas as manhãs o super papai vai trabalhar... E mamãe também. Algumas noites, o superpai assiste ao programa preferido do filho, enquanto a mamãe faz pipoca. Às vezes, papai volta do trabalho acompanhado de seus supercolegas... mesmo quando mamãe está super cansada. Um dia o cotidiano do menino se transforma. O pai fica em casa, não usa mais a fantasia de super-herói e a mãe, que estava sempre presente, agora só trabalha. O que está acontecendo?


7 comentários:

✿ chica disse...

Que legal e que bom o super pai se presta,rs... Parabéns pra ele amanhã! bjs, chica

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Paula!
Qe bela postagem!
Um show o pai entar na fantasia da filha!
Seja feliz e abençoada!
Bjm de paz e bem

LUCONI MARCIA MARIA disse...

Boa tarde Paula, que beleza de postagem, parabéns a este papai tão presente na vida
da Alice, belos momentos que marcam toda uma vida e fazem toda diferença, amei bjos

Toninho disse...

Que bonito Paula estas imagens da Alice com o super herói de verdade, ficaram ótimas em conjunto com sua poesia.
Um livro bem apresentado desperta sempre um interesse.
Diga a Alice para provar da vaca atolada que é muito bom prato. Mas em certas regiões de Minas a vaca atolada é um caldo grosso, pois a carne e o aipim são cozidos até desmancharem. Eu faço no modo caldo e adoro.
Um abração Paula e grato sempre pela atenção e carinho.
Bju para Alice.
Uma semana abençoada e alegre para voces.

dinapoetisadapaz disse...

Olá Paula, uma linda e merecida homenagem ao Paizão da Alice; seu maridão. Que bela iniciativa de sua parte , incluir essas crianças no mundo da literatura através do seu bonito e sério trabalho. Meus aplausos à vc, a Alice e aos seus alunos tão empenhados e deslumbrados com o mundo da Poesia.

Linda e proveitosa semana.Bjss!

Juliana Pelizzari Rossini disse...

Que dia especial, com certeza.
Eu amei as fotos e a leitura que fizeram.
Momentos assim são especiais.
Bjs
Ju

Lucia Silva disse...

Uma super homenagem aos pais, principalmente, ao paizão de Alice, o qual tive o prazer de conhecer e vi o brilho do amor dele pela família, a dedicação e o incentivo dele ao trabalho maravilhoso que você e Alice fazem. Parabém por essa postagem, pelo pai e marido dedicado, e amoroso e presente na vida de vocês.
Um abraço carinhoso para essa família linda.