quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Retrato

Nenhum retrato de nós dois juntos
E nosso amor sem registrar
Um pôster de cabeceira
Em preto e branco na prateleira
Uma foto pra te lembrar

Nenhuma lembrança tua
Nenhum pôster pra admirar
Uma três por quatro amarelada
Registrando o teu sorriso em minha boca beijada

Nenhuma foto na carteira
No álbum vazio a solidão
Uma só,
Uma que fosse
Mesmo rasgada
Assim como rasgado é meu coração

Mas espera ai...
Só um tiquinho

Em minha mente há tua imagem tatuada
Caricatura de um sentimento maduro
Espelhada imagem de meu amor
Há aqui dentro tua fotografia
Resquícios que a mão não desenhou
Nada apaga, é sempre terno
Eterna lembrança guardada junto á flor

Retrato de nossos corpos nus
De eu cantando para ti em colo macio
Mãos divinais, pés de meu encanto...

Ai aqui a foto de nossa paixão!

Não tenho o papel tingido mostrando tua cara
Mas nada se compara ás muitas cores de teu desejo em meu coração.

Paula Belmino

7 comentários:

Chica disse...

Arrasaste na inspiração.LINDÍSSIMA,Paulinha! beijos,chica

Barbie Girl disse...

Nossa que lindo post!! Beijos

Anne Lieri disse...

Paula,que docura de poesia!Muito linda e apaixonada!Bjs,

Anônimo disse...

Lindo Texto linda esposa amada!!!!

Vestido de Rodar disse...

ARRASOU!!! Lindo demais!!!

Rosária Mendes disse...

Oi flor vim ler as delicias que vc escreve bom final de semana!

Deza disse...

Sua filha está cada vez mais linnnnda *----* ♥