quinta-feira, 3 de março de 2011

Março


Sonhos

Fim de verão

Águas que lavam

E trazem a nova estação.


Amores perdidos

Sinuando por meu mar

Ondas de calafrio

Nostalgia a cantar


Março

Ár solitário em meu ser

Uma saudade escondida

Um desejo de te ver.


Uma lágrima que rola

Na janela beirando solidão

Cai gota de sangue

Marcas de dor do meu coração.



Paula Belmino


3 comentários:

chica disse...

Lindíssimo poema,Paulinha!Linda foto tb!beijos,chica

Beatrice Leong disse...

Aaaaaaai virei fã da Alice! Pelo nome, pela delicadeza e pela mamãe dela que me parece ser um AMOR!
Amei o astral do blog.

BeijO

http://listrasepoas.blogspot.com

Mãe da Tonton disse...

Nas palavras da minha Antonella "Ti lindaaa" ehehe... lindo poema, linda filha.
Ahh sobre a fantasia nunca pensei em fazer pra vender pq alé de sair caro pra fazer ( gastei uns 50 reais) da um trabalhinho de 2 noites. eheh
beijooossss