sábado, 15 de julho de 2017

O menino azul







O menino azul
gostava de adivinhar o tempo
assobiar passarinhos
engatinhar com os bichinhos
e colher borboletas.

O menininho azul era todo alegria
seus olhos ativos
duas avelãs saltavam no riso.
Vertiam os mais belos encantos 
seu cheiro suave acordava as manhãs.

O menino azul brincava o dia inteiro
o que mais gostava era apontar as estrelas
murmurava aos vento
fiava poesia
descobria a vida engatinhando 
em seu pequeno caminho.

O menino azul era pleno céu de primavera
queria só mil abraços
e as estrelas mais belas
voar de avião, brincar com as nuvens,
cantarolar e ouvir histórias que lhe ensinassem o amor.

O menininho azul
era como um pequeno passarinho livre no ninho
que logo cresce e bate as asas
e se misturava ao céu num longo voo
 Todo azul, um amor de passarinho
em busca da flor,
ou de alguma estrela que se encantou.


Paula Belmino





Essa poesia vai para meu sobrinho-neto Bernardo que veio passar as férias conosco e hoje já retorna á Goiás deixando muita saudade!!!

5 comentários:

dinapoetisadapaz disse...

Bom dia Paula, realmente um lindo poema cheinho de ternura que expressa a felicidade de menino sonhador. Adoro poema infantil, mas não é meu forte escrever. Parabéns pela linda inspiração. Lindo o bbzinho, cheinho de bjss!

Bom final semana.

Bjs!

dinapoetisadapaz disse...

Bom dia Paula, realmente um lindo poema cheinho de ternura que expressa a felicidade de menino sonhador. Adoro poema infantil, mas não é meu forte escrever. Parabéns pela linda inspiração. Lindo o bbzinho, cheinho de bjss!

Bom final semana.

Bjs!

✿ chica disse...

Poesia linda e imagino a falta que vais sentir dele, que é um bonequinho! bjs praianos,chica

Toninho disse...

Uma linda poesia para o menino passarinho.
Uma gracinha o Bernardo vai deixar uma saudade.
Que logo possam reencontrar e matar esta saudade.
Uma semana maravilhosa Paula.
Abraços

Lucia Silva disse...

É uma gracinha esse menino Bernardo, dá vontade de enchê-lo de beijoquinhas. Imagino a saudade que estás sentindo. Bela poesia, cada verso coerente com as imagens, sintonia, criatividade e muito amor envolvido nessa postagem. Beijos carinhosos!