quinta-feira, 5 de julho de 2018

Pequenices (Dica de Livro)



Menina joga futebol
Claro!
Menina pode fazer tudo que os meninos podem fazer e faz bem feito.
Brincar não tem gênero, brincar é direito
Leitura de afeto, para brincar e refletir, para acender ideias e apagar diretrizes tortuosas de preconceito e discriminação.
Aprendendo a respeitar as diferenças, cada um como é em tudo junto ganhamos e aprendemos.
Este é o tema do debate em nossa sala de aula tendo o futebol como universo, e nos inspiramos no conto de Eliziane Nicolao
Menina joga futebol, com ilustrações de Marlowa Pompermayer Marin 
no livro: 

Pequenices pela Editora Inverso nossa parceira.

O livro conta a história de um menino que foi para uma festa de aniversário e lá se sentiu só pois em meio a tantos brinquedos não havia um menino para jogar futebol, até aparecer uma menina e mostrar a ele que ela também sabia jogar e muito bem.Além deste conto o livro traz outros sempre inspirados na infância nas aventuras e descobertas das crianças, e além desse há mais outros Pequenices 1, Pequenices 2, e 3







Após ler e conversarmos sobre empoderamento feminino, brincadeira em comum, direito de todos, as crianças reescreveram o conto, ilustraram e puderam assim mais que ler contextualizar, escrever, dar opinião e ter garantido o direito de se expressar, bem como ler e escrever para uma alfabetização no tempo certo, já que quando se escreve a criança pode expressar suas ideias, seu pensamento e ter liberdade de opinar e registrar o que aprendeu.

E ainda ficaram imensamente felizes com o vídeo que a autora nos enviou:


Para saber mais deste e outros livros da Eliziene Nicolao acesse o site da editora e adquira , vale muito a pena



4 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Postagem simplesmente bela!! :)

Hoje, A janela, reflexos da minha alma.

Beijos- Boa noite!

Anete disse...

Olá... Claro que menina também pode jogar futebol, interessante o tema. Na vida tudo é o equilíbrio, não é mesmo?!
Um bom fim de semana...

Renata disse...

Legal! Laura não liga pra futebol. Mas, tem colegas que jogam muito. Beijo. Renata e Laura

FILOSOFANDO NA VIDA Profª Lourdes Duarte disse...

Parabéns querida Paula! Mais um trabalho encantador com suas crianças. Abraços