sábado, 3 de julho de 2010

Por um sonho que morreu


Foi duro ver o Brasil perder a copa

Foi triste deixar de sonhar agora

Adiar a ansiedade

Esperar outra oportunidade

E conter no peito a alegria

Agora somente amargura e lágrimas

Tristeza explodindo num peito antes extravazado de felicidade!

Mas, não há culpados!

Não há quem seja melhor ou pior

É apenas um jogo de futebol

Alguém teria que ganhar

Assim como na vida a gente ganha e perde

Sofre acidentes

E nem por isso se se tem culpa

É o destino, é a hora, é a história.

Não gosto de ouvir um percurso contado

Como um filme passando e se dizendo "se"...

"SE" é vago.

Ficou pra trás.

"SE " é esperança jogada fora,

Algo que não se pode fazer mais.

Deixa a dor no coração

Deixa as lágrimas correrem.

Uma oração por quem sofre e volta pra casa

E na pressão de uma nação se angustia.

Tudo na vida é passageiro

Tudo é jogo e não volta mais

O que é a copa? Um sonho que morreu agora

Daqui a quatro anos renasce de novo e com força e vontade muito mais

O que não se pode é desistir da vida

Da solidariedade

Da paixão pelo país

Pelo amor e a paz entre irmãos

Pois com taça ou sem taça todos unidos seremos sempre campeão!



Paula Belmino
**foto de Alice na revista Projetos Escolares Creche 11 nas bancas de todo Brasil

8 comentários:

Luci Cardinelli disse...

Minha tristeza não dura mais que 5 min e viro a página.

beijo e um ótimo final de semana

Minéia Pacheco disse...

Olá Paula,

Mas um belo poema, pois é, tudo na vida passa, a tristeza é só de momento, daqui a quatro anos estaremos firmes e fortes para torcer mais uma vez pelo nosso tão sonhado HEXA!

Obrigada pela carinhosa visita.

Beijos e até mais...

http://historiaparacriancalerouviresonhar.blogspot.com/

Edna Lima disse...

Não fique triste Paula. A cupla foi do Pé frio do Mike Jagger. Agora, o bom é que continuamos rumo ao hexaaa ....até quando?
Bjss Edna

Angela Guedes disse...

Pois é amiga!!!
Agora é 2014 na cabeça e no pé !!!
Beijinhos
Ângela Guedes

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Olá.

O que me deixa triste,
não é a perda da Copa,
mas as bandeiras retiradas
dos carros,
os encontros nas praças,
o esboço de País
que vemos nestes dias.

Imagino se tudo isso
pudesse ser mantido
e pudéssemos discutir educação,
paz e ética
nas ruas,
praças e avenidas...

Dias de paz para ti.

Anônimo disse...

estou super triste ainda.bjo amiga rai gosta de ta aqui vice...rs

Zé Carlos disse...

Paula, menina linda, obrigadão pelo seu comentário. Fazia tempo que não lia um assim tão lindo. Vc é um amor de menina e espero demais que vc não deixe de aparecer.

Um beijão e um lindo domingo, sempre o Zé Carlos

Mary disse...

Ai, amiga, que pena! nossos filhotes até apareceram na revista com o tema da copa.. mas fica para a próxima! Bjos