terça-feira, 28 de abril de 2015

Dia da Educação. Qual sua Atitude?


Ensina o caminho á criança o caminho em que deve andar e mesmo quando for velho não se desviará dele.  Provérbios 22.6

O maior dos livros já nos alerta e aconselha a educar a criança desde seus primeiros dias de vida a amar, a respeitar a natureza, a ter limites, a ser consciente com sua responsabilidade para com a vida, a educar-se a fazer o bem.
Hoje é comemorado o dia da Educação e  o que estamos fazendo para dar boa educação em casa aos nossos filhos? será que ainda deixamos que a escola os ensine? Ou vice-versa.
Há muitos comentários regidos por essa troca de que a escola não ficou para ensinar bons modos, de que são os pais quem deve ensinar  a se coportar, que a escola deve apenas a ensinar a ler e a escrever e os conceitos e conteúdos próprios da idade escolar. Mas em meio a tantos problemas enfrentados por muitas razões que não cabe salientar aqui, os papéis tem se invertido e muitas vezes é necessário sim e deve ser papel da escola educar para o bem, para o sentar-se ereto, para o brincar,  para o gostar de ler, assim como em casa com os pais, as crianças devem ler , fazer tarefas de casa , escrever histórias etc...
Educar é um processo de amor e para o resto da vida, nós mesmo depois de termos crescidos, aprendemos a nos educar, a falar menos, a ouvir mais, a amar, a perdoar, a fazer uso de novas tecnologias, a se comportar em público, a realizar tarefas e ações que mesmo quando crianças não tivemos a oportunidade. O saber não tem idade, o educar não tem tempo limite, é para todo tempo e cabe tanto á família como á escola fazerem uso de seus papéis e transformar a realidade em que se está inserido.
Como professor, o somos onde estivermos, não somente na sala de aula, pois ser professor é mais que uma profissão é missão árdua e afinada com o amor e com o bem, que deve ser sempre formalizada em qualquer ambiente onde se precise de ajuda. Como escola, não podemos apenas ser parte de uma educação formal, mas amigos dos pais e das crianças, ambiente aconchegante que estes possam usufruir para brincar, ler, ter prazer.
Ter Educação é mais que vir do berço, é ensinamento, é proteção, é carinho e ritual, é aprendizagem e mudança, é todo dia refletir sobre nossas ações e tentar mudar, ajustando-se ás novas realidades . Educar é ser levado pelo vento onde se precisar. Seja na escola, em casa, na igreja, na rua, num bom dia ao vizinho ou ao porteiro, um sorriso ao passante, um olhar nos olhos de uma criança que te encontra na rua, um elogio, um aperto de mão fraternal. Educar é missão da escola, da família e de todos nós.

Paula Belmino


Com esta reflexão divulgo aqui o portal: Todos Pela Educação. Que tem algumas metas e em sua missão contribuir para que o Brasil assegure a toas as crianças e jovens Educação Básica de qualidade. O portal dispõe de um espaço para dvugarmos o que estamos fazendo pela educação  de nossos filho e crianças, afinal independente da profissão, todos nós podemos fazer alguma coisa para mudar a educação de nosso país.
Eu já estou participando:



Algumas dicas para ajudar na melhoria da educação de nossas crianças:

*Ler mais para seus filhos
*Visitar bibliotecas e livrarias
*Brincar mais
*Perguntar como foi o dia na escola
*Sempre que possível conversar com os professores para saber como está a aprendizagem da criança
*Criar rotina de estudo e estimular  o estudar em casa
*Ajudar nas tarefa de casa
*Conversar mais sobre assuntos relacionados á boa educação
*Dar exemplo
* Valorizar a escola e o professor de seus filhos
*Ser paciente e atento ás mudanças da criança
*Colocá-lo em atividades extra escolares como aula de música, teatro e dança, estimulando assim as inteligências múltiplas.

*Ser amigo de seus filho, mas estabelecer limites para que ele saiba que além de maigo, pai é pai, mãe é mãe.


Participem também com suas ideias e projetos:


Movimento da sociedade brasileira que tem como missão contribuir para que o Brasil assegure a todas as crianças e os jovens Educação Básica de qualidade.


Para saber mais:

Fundado em 2006, o Todos Pela Educação é um movimento da sociedade brasileira que tem como missão contribuir para que até 2022, ano do bicentenário da Independência do Brasil, o País assegure a todas as crianças e jovens o direito a Educação Básica de qualidade.
Em fevereiro de 2014, o Todos Pela Educação teve seu estatuto reformado para se qualificar como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip). Clique aqui para baixar o Certificado de Qualificação e o Estatuto Social
Apartidário e plural, congrega representantes de diferentes setores da sociedade, como gestores públicos, educadores, pais, alunos, pesquisadores, profissionais de imprensa, empresários e as pessoas ou organizações sociais que são comprometidas com a garantia do direito a uma Educação de qualidade.

O objetivo do movimento é ajudar a propiciar as condições de acesso, de alfabetização e de sucesso escolar, a ampliação de recursos investidos na Educação Básica e a melhora da gestão desses recursos. Esse objetivo foi traduzido em 5 Metas. Ainda que não expressem tudo o que precisamos conquistar na Educação pública, elas traduzem de forma clara e objetiva o que efetivamente precisamos alcançar para mudar de patamar e efetivar os principais direitos educacionais dos alunos. São elas:

Meta 1 Toda criança e jovem de 4 a 17 anos na escola
Meta 2 Toda criança plenamente alfabetizada até os 8 anos
Meta 3 Todo aluno com aprendizado adequado ao seu ano
Meta 4 Todo jovem com Ensino Médio concluído até os 19 anos
Meta 5 Investimento em Educação ampliado e bem gerido
Em 2010, o movimento adotou 5 Bandeiras, as quais entende como urgentes e com resultados mais impactantes para a melhoria da qualidade da Educação e para o alcance das Metas. São elas:
Bandeira 1 Melhoria da formação e carreira do professor
Bandeira 2 Definição dos direitos de aprendizagem
Bandeira 3 Uso pedagógico das avaliações
Bandeira 4 Ampliação da oferta de Educação integral
Bandeira 5 Aperfeiçoamento da governança e gestão
 Como grandes mudanças dependem do engajamento de todos, tanto por ações cotidianas quanto por valores colocados em prática, em 2014 foram identificadas 5 Atitudes que mostram como população brasileira pode ajudar crianças e jovens a aprender cada vez mais e por toda a vida. São elas:

Atitude 1 Valorizar os professores, a aprendizagem e o conhecimento
Atitude 2 Promover as habilidades importantes para a vida e para a escola
Atitude 3 Colocar a Educação escolar no dia a dia
Atitude 4 Apoiar o projeto de vida e o protagonismo dos alunos
Atitude 5 Ampliar o repertório cultural e esportivo das crianças e dos jovens

O Todos Pela Educação acredita que, pela dimensão do desafio e da desigualdade histórica da Educação no Brasil, apenas a ação dos governos não é suficiente. A participação dos diversos segmentos da sociedade, reunidos em torno de metas comuns e alinhadas com as diretrizes das políticas públicas educacionais, é fundamental para promover o salto de qualidade de que a Educação Básica brasileira necessita.

**Nas iamgens printadas do portal Alice usa
Conjunto Jacris Kids e Teens
Pijama Dedeka Homewear

3 comentários:

Ana Paula disse...

Paula, muito importante as reflexões que você nos traz para esta data. Penso que família e escola, ambas podem fazer juntas e ser aliadas. Está tudo junto, precisa vir de casa e também ter na escola.
Tomara as metas sejam alcançadas e o lema do governo federal Pátria Educadora se torne uma realidade positiva com resultados.
beijo!

Tina Bau Couto disse...

Todos pela educação \o/
Educação em casa, nas escolas,?nas praças, nas redes sociais..
Informações, reflexões, arte, comportamentos...

Vou reler seu post amanhã com mais calma e ir nos links. Ótima postagem!

"A educação de um povo pode ser julgada, antes de mais nada, pelo comportamento que ele mostra na rua. Onde encontrares falta de educação nas ruas, encontrarás o mesmo nas casas."
Edmondo Amicis

Maria Rosa Sonhos disse...

Paula, você e sua mãe são exemplos para a Educação. E educar é assim mesmo conversar, conversar, conversar, ouvir, ouvir, ouvir. Beijo e parabéns por ser educadora! Renata e Laura