sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Doces Prazeres


Dos prazeres gratuitos
O amor, a vida, a amizade
O sol que nasce nos iluminando
O ar puro, a tranquilidade
O canto de um passarinho
A água que nos refresca
A natureza a espairecer nossas vistas
A paz de um sorriso de criança.
Dos prazeres imensuráveis
O que se contam nos dedos
Ter  amigos em todo tempo
Ter um amor verdadeiro
Um filho pra trazer felicidade ao lar
E encher de gozo o coração
E ao acordar com tanta coisa a se agradecera Deus
Somente estender a Ele a ão
Dizer que nada podemos pagar
Das maravilhas que nos tem trazido
As bençãos de  afeto e ternura
O pão que nos há repartido.
Dos prazeres desse mundo
O amor, a fé, a amizade
A verdadeira alegria em volta da mesa
E ao declinar-se o sol 
poder deitar e dormir com a mente cheia de  tranquilidade.

Paula Belmino

Essa é nossa inspiração em gratidão a Deus pelos momentos de vida e saúde que nos tem concedido ao lado de pessoas que amamos e em lugares que nos tem estendido a mão pra mostrar como se preocupa com a gente e prepara o melhor sempre e sempre.
Alice hoje se divertiu bastante na casa de campo em comemoração a o dia do funcionário público com os amigos de minha escola.
Para mim proporcionar a ela esses prazeres é o melhor pagamento do mundo.
Ela usa Dedeka sempre presente nos nossos momentos de brincadeira, descontração, cuidados com o corpo e a mente e trazendo á tona o brincar e o encantamento.








3 comentários:

fascinadapelomundo disse...

Existem prazeres na vida altamente brilhantes,isso é um verdadeiro facto da bela natureza!! Excelente fim-de-semana para ti com tudo de bom,muitos beijinhos!!

Toninho disse...

Agradecer e agradecer sempre pela vida, pelo pão, pela família, pela paz.
Linda inspiração amiga no alicerce da fé que nos propulsiona.
Linda Alice nesta alegria.
Um bom e lindo fim de semana com feriado.
Carinhoso abraço e beijo de paz amiga.

Maria Rosa Sonhos disse...

Parabéns pelo seu dia, Paula! E pela linda companhia da Alice! Beijo! Renata e Laura