quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Das ternuras da manhã






"É fácil trocar as palavras,
Difícil é interpretar os silêncios!
É fácil caminhar lado a lado,
Difícil é saber como se encontrar!
É fácil beijar o rosto,
Difícil é chegar ao coração."

Fernando Pessoa.

Mais um ensaio da Alice em liberdade de estilo, feito criança em formosura, sem maquiagem, como toda criança deve ser, sem filtros, apenas o incentivo de levar o registro da infância por caminhos que eduquem e ensinem a respeitar a natureza, o espaço ao redor. 
Num momento de fotografia onde se pode mostrar as delicadezas do mundo mesmo quando tudo anda tão devastador. Afastar-se dos eletrônicos e respirar ar puro que gera vida, colher ternuras das manhãs em paz, observar a simplicidade e a total delicadeza das flores e observar as árvores que nascem e enfeitam, transbordam afeto e vida, e mesmo quando morrem e viram tocos a enfeitar o espaço ainda assim nos ensinam que é necessário lutar sempre pelo verde, pela natureza sempre e constante.

A Lanser sempre prepara em suas coleções peças livres de levar as crianças à adultização, pelo contrário trás estampas lúdicas, peças coloridas, bom caimento as peças que deixam as meninas ainda mais femininas e com a ousadia para brincar e se sujar, explorar os espaços sem precisar se preocupar, afinal roupa infantil deve vestir o corpo e dá asas aos sonhos .
A Beijinho é mais que uma parceira é companheira em nossa infância!!!



Conheçam mais um pouquinho da coleção inverno da Beijinho


2 comentários:

✿ chica disse...

Lindo ensaio, mais um aliás! bjs, tudo de bom,chica

Renata disse...

Lindo ensaio, palavras que tocam o coração. Beijo! Renata e Laura