quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Manhãs de Sol






Manhãs de sol
Flores de paz
Beirando a orla
Canção de ondas
Que anunciam coisas novas
Um novo dia a raiar.

Cheiro de maresia
No coração a canção de gaivotas
Borboletas em ebulição
Sobrevoam nossos pensamentos
E fazem cócegas em nosso estômago
Rir a alma
De olhos fechados enxergamos bondade em flor
O amor a nos iluminar.

Paula Belmino

De nossos momentos em férias, pra guardar sempre no coração!!





Eu e Alice usamos Tal mãe, Tal filha Bugbee

3 comentários:

Renata disse...

Uma linda manhã com mãe e filha, lindas! Beijo! Renata e Laura

✿ chica disse...

Tua poesia enfeita ainda mais essas lindas fotos das manhãs de sol! Lindas as duas! bjs,chica

Toninho disse...

nada como uma linda manhã para inspirar uma bela poesia.
Ainda com esta benção ao lado versos fluem naturalmente.
Manhãs tão lindas manhãs.
Belas fotos de um momento de pura ternura e emoção.
Bjs