domingo, 2 de setembro de 2018

Balanço


O tempo traiçoeiro
marca no calendário, 
saudade.
E é inevitável pensar:
a criança não cabe mais 
no colo.
são hormônios da idade e
distanciam por vezes, o sorriso fácil,
o caloroso abraço.
A adolescência chegou
e como um balanço frenético
vertigem de 
mil sentimentos complexos.
Coração se parte,
a dor do parto nunca cessa?
Vinicius estava certo:
Filhos... Filhos?
 Melhor não tê-los!
Mas se não os temos
como sabê-lo?
E a gente vai pintando nesse calendário:
Reverberação da infância,
o desejo presente de colo e abraço,
o futuro de felicidade e paz
Para quem ao balanço,
já não vem mais!

Paula Belmino

Essa é minha inspiração  para a Blogagem Coletiva Poetizando e  Encantando do blog da Lourdes
Por aqui estamos vivendo os dramas da pré- adolescência, o humor variado, hora muito criança, hora crescida,  cara amarrada e lágrimas, pressão e sentimentos de uma mãe que sente o filho voar do ninho, da barra da saia. Não tem sido nada fácil, mas é a vida, é preciso para os pais, aprender a crescer.





Para participar da Blogagem coletiva basta entrar no blog, curtir seguir, visitar os amigos e usar a imaginação.
Clica na imagem


12 comentários:

Rejane Tazza disse...

Linda participação e deixaste o coração falar! Essa fase é fogo... Sentimentos variados, emoções afloradas. mas passa! beijos, chica

Antonio Pereira Apon disse...

O balanço, o tempo, a vida... Poética de quem passa, do que passa nos versares do viver.

Um abraço. Bom fim de semana.
Quando... Seja...

Roselia Bezerra disse...

Bom dia, querida amiga Paula!
Que bonita reminiscência você fez em forma poética!
Ilustrou com Vinicius sobre os filhos... é bem verdade para os pais que filhos que os matam de alguma forma.
Ficou tão interessante você ver a menina no lugar da mulher...
Tenha dias felizes e abençoados!
Bjm fraterno e carinhoso de paz e bem

FILOSOFANDO NA VIDA Profª Lourdes Duarte disse...

Minha querida Paula! temos os filhos e criamos para o mundo. Por isso que a nossa educação é muito importante para a vida e a formação da personalidade deles. Cada fase é uma faze e sempre com a preocupação dos pais pois desejamos o melhora pra eles. linda poesia e importante reflexão você direcionou na sua majestosa participação. A Iasmim está linda nesse balanço e está ficando uma mocinha. Parabéns!

Muito obrigada por mais uma vez participar lindamente! Seja sempre bem vinda. Feliz domingo e um início de semana abençoado. Bjuss

Dilene Gomes disse...

Olá amiga!
Passei meses ausente do meu blog, por força maior, estou voltando, aos poucos, atualizarei as visitas para agradecer o carinho que recebi nas visitas ,no decorrer desses meses da minha ausência, seguir blogs interessantes como o seu que amei e já estou seguindo.
Parabéns pela bela participação no poetizando, uma linda poesia, com grande lição que vele refletir amiga, em especial quem tem filhos. Linda sua filha, parabéns!
Sou irmã da Lourdes Duarte e estou pensando em participar do poetizando.
Um grande abraço do tamanho da distância que nos separa.
Dilene Gomes

Genilda Maria da Silva disse...

Querida Paula, sua poesia está maravilhosa e você abordou um tema que nós mães vivenciamos.Breve vivenciarei com meu netinho, se bem que os pais cabem a eles a maior parte da educação. Parabéns! Abraços, seja feliz.

Amarilis disse...

É o adolescer que chega com toda pujança alardeando ao mundo o despontar de uma bela mulher que está galgando o voo da liberdade
Um poema fascinante. Parabéns
Beijokinhas

Elza Interaminense disse...

Querida paula, meus filhos já estão crescidos mas lembro bem desta fase e olhe os primogênitos foram gêmeos. Difícil mas sem eles não somos nada! amor que não se mede. Linda poesia, linda sua filha, um amor de menina. Parabéns! Abraços

Toninho disse...

E a vida segue seu curso amiga, que a trajetória seja linda e coroada com amor e sempre carinho. Inspiração terna e linda.
Meu abraço e boa semana.

RUDYNALVA disse...

Paula!
Que lembrança do passaado, hein?
Amei sua participação.
Desejo um mês repleto de alegrias e uma semana abençoada.
“Só são verdadeiramente felizes aqueles que procuram ser úteis aos outros.” (Albert Schweitzer)
cheirinhos
Rudy
TOP COMENTARISTA SETEMBRO - 5 GANHADORES - BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

Renata disse...

Aqui, por hora, só ouvindo falar da adolescência e pré-adolescente. Imaginando as mudanças, orando por sabedoria e constantemente, ensinando que o caminho de Deus é o único que garante a felicidade.

Dócil, a sua participação!

Beijo.

Renata e Laura

FILOSOFANDO NA VIDA Profª Lourdes Duarte disse...

CONVITE PARA MAIS UMA EDIÇÃO DO POETIZANDO ENCANTANDO.

Acabei de postar.
O poeta é como o príncipe das nuvens. As suas asas de gigante não o deixam caminhar.
Este convite é para você príncipe e princesa das nuvens, que ama poesia pra mais um poetizando e nos encantar com seu lindo poetar.
Como diz Cora Coralina “Poeta não é somente o que escreve.
É aquele que sente a poesia, se extasia sensível ao achado de uma rima à autenticidade de um verso”.
Seja mais uma vez bem vinda!
Abraços da amiga Lourdes Duarte.
Obrigada amiga pelo carinho que teve para com Dilene pelo seu aniversario.
Nessa interação de amigos, esses momentos são importantes.