quinta-feira, 15 de junho de 2017

Eu só quero amor





Eu só quero um amor
quero apenas quem me queira bem
que alegre meu sorriso 
hoje vazio distante de alguém.

Eu só quero amor de verdade
desses que causa dor
de tanto amar, a gente se encontrar no outro
e nunca mais se sentir só.

Eu só quero um xodó
pra cuidar noite e dia
beijos, abraços, ternamente enlaçados
um amor que caiba na minha poesia!


Paula Belmino

Nossa poesia foi inspirada na canção do Rei do baião Luiz Gonzaga com a composição de Dominguinhos: Eu só quero um xodó, pois por aqui é impossível não ouvir,  já que Alice acorda, pula da cama, nem toma café já vai ensaiar sua flautinha. Ela está tendo aulas de flauta doce e está apaixonada. 
Faz menos de 2 meses e já tem nos encantado, Mãe coruja sabe como é!

Ouçam e aproveitem e se inscrevam no nosso canal no youtube




Alice e Everton foram fotografados Por Chagas Lima

5 comentários:

Luzmarina Ávila Fernandes disse...

Linda a poesia é a Alice tocando flauta....

Lucia Silva disse...

Linda poesia e é encantador ouvir o som harmonioso da flauta, tocada por sua filha. Filha de peixe peixinho é, esse ditado cabe bem a vocês duas, pois a filha herdou o talento da mãe. Parabéns pelo talento de vocês duas, beijos calorosos!

✿ chica disse...

Adorei a poesia e sei bem o que é a paixão pela flauta doce...Neno aprendia aqui... Muito legal! bjs, chica

Juliana Pelizzari Rossini disse...

Linda poesia, linda Alice tocando a flauta.
Fotos encantadoras...
Bjs
Ju

dinapoetisadapaz disse...

Ficou mui bela a poesia, não deixa de ser também uma linda homenagem ao Rei do Baião, e principalmente nessa época junina. Ouvir uma flauta é algo delirante... adoro!Parabéns !
Bom feriado. Bjs!