quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Cantoriando no jardim







Com a primavera florindo nada melhor que deixar a leitura florescer na alma, os poemas de flor, de fruto, de paz, de calma. E poder assim vislumbrar a natureza, aprender bem perto dela, observando uma borboleta que voa, num pássaro que canta e entoa o canto da paz.
Assim vai sendo nossas aulas fora da sala de aula, no jardim, debaixo das sombras de mangueira e figueira. Os livros viram folhas, e frutos, são pé de poesia.
Tem horas que são flores no jardim. e de repente a gente come uma bela salada de frutas
 são pontes, são asas, são barcos, são comida e bebida.
Trabalhamos de forma interdisciplina: Primeiro o ler e em tudo ler e vivenciar, dai a gente brinca, entoa, recita, ler em grupo, individual, em duplas, e pode ler a perder de vista, experimentar o sabor da poesia, nesse caso aqui o chá de camomila flor, da poesia de Eloí Bocheco no livro Cantorias de Jardim

As crianças leem e se inspiram em criar seus versos




Primavera já chegou
Minha vida coloriu
Tia Paula faz poema
Até Eloí Bocheco amou

Maria Luiza



A gente lê em cima ou embaixo da árvore e depois experimenta as frutas,as flores em chás e sucos aprende conceitos como fotossíntese e clorofila também além de ler e escrever receitas, poemas as crianças aprendem matemática de forma lúdica como por exemplo unidade de medidas de capacidade, fazendo a experiência para resolver situações-problema, por ex:
 Quantos copos de 100 ml cabem num litro de chá?
Se um litro tem 1000ml quantos ml tem em 3 litros?
Mamãe fez 1 litro de chá para 4 pessoas em xícaras iguais quantos ml d chá cada uma tomou?
Qual a metade de um litro?
E assim por diante, a gente aprende brincando
A poesia a gente canta, sente, ouve, atravessa os poros e os demais sentidos
As crianças levam o conhecimento para casa, pesquisam propriedades, ensinam aos pais,acabam por tomar sucos e chás de forma tranquila pois compreendem que não é chá para doença, é chá de flor, pra gente virar primavera por dentro hehe
E se deliciam e aprendem de forma significativa.

Olhem só:


Por dim as crianças se divertem, cantam, aprendem e sonhar, são estimuladas a se expressar, sentir a música com a alma, com o corpo todo.


Olha ai aula voz e violão com participação da minha irmã Andreia Belmino que terminou a aula com a canção da primavera que eles adoram musicada pelo grupo Crianceiras 

Assistam e se inscrevam no nosso canal!


O livro de Eloí Bocheco com ilustrações de Elma reúne 21 poemas sobre flores e é publicado Pela Editora Paulinas e pode ser comprado pelo site:

6 comentários:

silvanio disse...

Aprender é uma grande brincadeira! E aprender com poesia é divertido e maravilhoso! Bela técnica, poetisa!!

✿ chica disse...

Uma festa essa brincadeira no jardim! Adorei ver! bjs, chica e parabéns !

Diná Fernandes disse...

Gosto de vir aqui, meu coração vibra de alegria ver essas crianças tão empenhadas no aprendizado, além da diversificação de brincadeiras , a mestra Paula, apresenta em seu blog o fruto do seu trabalho, um grande incentivo à meninada. Ela é mesmo uma abnegada ímpar!
Abração Paula.
PS: Vai se ´preparando pro nosso sarau poético em novembro lá na Chácara 0800... Ja falei com a Lucia pra agendar para 15 novembro.]]

Renata disse...

Desta maneira, não tem como não amar a leitura! Parabéns! Beijo. Renata e Laura

Eloí Bocheco disse...

Que vivências mais lindas com a poesia! As crianças jamais irão esquecer destes momentos lúdicos que você proporciona a elas. Ofertar uma memória literária aos mais novos é um ato belíssimo, de generosidade. A memória literária é pra sempre, para a vida toda, mesmo que elas não lembrem das palavras, das cenas, mas as emoções ficarão impressas na alma para sempre. Parabéns!!! Obrigada por incluir meus livros em seu rico trabalho. Bjs

Lucia Silva disse...

Esse trabalho de ensinar todos os conteúdos de todas as disciplinas à luz da poesia é lindo e relevante. Incute desde cedo o gosto pela leitura, as crianças descobrem-se poetas e a poesia vai dando novo significado à vida de todos.
Prepare-se para 15 de novembro vir à minha Chácara mais Diná e fazer o sarau. Vai ser muito legal. Vamos programar!!!
Beijos carinhosos!