quinta-feira, 3 de junho de 2010

Feriado


Corpus Christi

Sangue
Dor
Angústia e solidão
Corpo moído
Por mim e por você
Amor e afeição.

Feridas
Cravos nas mãos
Cruz maldita
Matando o dono do perdão
Que não desanimou
Nunca desistiu
Por mim e por você
Foi até o fim!

Morte
Cheiro de traição
Entregue á mãos de malfeitores
Pra ser transpassado em vão
Nada fez
Culpa alguma tinha
Mas abraçou o pecado
Meu e seu
Na cruz sofreu, dor que era tua e minha!

O amor jorrou
Seu sangue nos curou
E num brado ás três da tarde tudo consumou
Morreu na cruz
Mas ressuscitou
Ao terceiro dia
Corpus Christi em tumba vazia
Subira ao céu
Foi preparar morada
A tua e a minha!

Paula Belmino
**foto nossa eu Alice, e Artilia em Go, em frente a igreja de Cristo, simbolizando a cruz, que Cristo morreu.

3 comentários:

orvalho do ceu disse...

Olá,
Que bom encontrar outros que também postam sobre o dia de hoje, sem medo de ser autêntico na sua Fé!
Ótimo dia e feriadão pra vc aí!
Abraços fraternos

KLENMARKETING EVENTOS disse...

Ola! Paula linda sua poesia e isso
acredito em Jesus independente de religião, Abraços

Mãe Mochileira,filho malinha.. disse...

Oiii!! adorei as fts da Alice no post passadp..a dela tocando ta otimaaaa..rsrs..
bjs,otimo finde!!;-)