terça-feira, 18 de outubro de 2016

Dia do Médico


Nas mãos a vida
A auscultar um coração 
Que bate amor
Uma doce canção
Pelo cuidado, pela afeição.
Nos livros o caminho 
Para promover saúde e cura
A tudo observa e estuda.
Na mão o remédio 
A poesia, o afeto, a ternura.
Receita graça 
Dedica os dias a cuidar
Médico que luta pela vida
Tuas mãos nascidas de um anjo 
Vieram até mim para abençoar.



Paula Belmino



3 comentários:

Toninho disse...

Medicina como poesia Paula.
Beleza de homenagem poesia aos médicos que honram o juramento.
É uma linda profissão quando se vê a dedicação.
Abraços com carinho.

Juliana Pelizzari Rossini disse...

Bom dia Paula.
Que delícia brincar, que belas poesias...
Sim, médicos são como anjos enviados por Deus.
Sempre peço para Deus colocar suas mãos, nas mãos dos médicos, e abençoar.

Bjs
Ju

Renata disse...

Uma beleza de poesia e homenagem! Laura diz que quer ser "médica-cientista" para provar que Deus existe! Beijo! Renata e Laura