sexta-feira, 18 de maio de 2018

Poesia e Ciências





Nosso momento poético de hoje foi com o poema Joaninhas e linhas de Roseana Murray do livro Caixinha de Música pela Editora Manati
Na escola estamos trabalhando os seres vivos, meio ambiente,ecossistemas e nessa importância de preservação da vida, entram os insetos polinizadores para o equilíbrio ecológico, entram borboletas, joaninhas, abelhas etc... 
E assim além de conceitos científicos colocamos a poesia em evidência para as crianças viver o belo, o poético, viver em natureza e aprender a respeitá-la, compreendendo assim a vida dos insetos vetores de doenças e aqueles que ajudam a preservar o ecossistema, entrando em assuntos como uso de agrotóxicos, que além de matar esses insetos prejudicam nossa saúde etc... 
A poesia vem em tudo,é tudo, é ferramenta viva para vivenciar, trabalhar a sensibilidade e o humanismo, é como respirarmos,e vivermos. Saímos da sala de aula e lemos, recitamos, brincamos com o poema de Roseana Murray para além de usar ciências também ver a matemática, na hora, no relógio,no movimento do círculo hora relógio e assim compreenderem sentidos e significados ou o contrário dela.
Em círculo, as crianças se expressando , movimentando o corpo, fazendo as linhas curvas, diferentes das retas da geometria e que na palma da mão se apresentam linhas, as chamadas da vida, que alguns tem "letras"
Hoje a menininha Luiza veio de vestido de bolinha e colocamos a sombrinha para ela ao centro simbolizar a joaninha, no entanto todos os meninos e meninas quiseram ser joaninhas, afinal na reprodução é preciso macho e fêmea e sim não é a quantidade de pintinhas que diferenciam, machos e fêmeas podem ter o mesmo número de bolinhas o que diferencia e tamanho e padrão. Em cada ciclo reprodutivo, a fêmea pode colocar de 10 a mais de 1.000 ovos. Antes da postura, a joaninha procura um local adequado para a eclosão dos ovos, geralmente depositando-os de forma agrupada, sobre folhas ou caules de plantas, e próximos a fontes de alimento. Da sua eclosão até atingir a forma adulta, as joaninhas sofrem a chamada metamorfose completa, ou seja, passam pelos estágios de larva e pupa.
As crianças aprendem além do ler e escrever, observar, respeitar, e no jardim buscam borboletas, joaninhas, soldadinhos e besouros, estão atentas à natureza e sua diversidade e só assim aprendem a cuidar dela, e se abrem de corpo e alma para aprender a ler e em todas as disciplinas matemática, geografia e ciências, arte e Língua portuguesa serem desafiados a pensar, transformar a si mesmo e preservar o meio ambiente, fazendo cálculos e aprendendo conceitos matemáticos e científicos.
Chego na escola e a pergunta do dia é: Que livro vou ler?
E eu quero mais dias e tempo para ler para as crianças e levá-las pela linha do amor e da poesia sempre!

Vejam um pouco:


E ainda para ler em casa foi um poema de minha autoria que já mostrei aqui um Encontro entre uma joaninha exigente que procurava um bichinho para ser seu par, um texto sobre diversidade e amizade, sobre respeito ás diferenças que as crianças leram, e pintaram a ilustração de Danda Trajano e em casa com os pais vão elaborar perguntas sobre o texto.
Uma forma de aproximar família da escola, pois também  os vídeos são colocados aqui e no canal e repassados via Whats Zap para a família acompanhar , ler com as crianças estudar sobre os assuntos, opinar e assim elogiarem o seu filho sempre melhorando a cada aula.
vejam os desenhos da arte de Danda com meu poema Encontro:








Depois usamos o livro didático, fazemos pesquisas de ciências, resolvemos situações problemas envolvendo adição e subtração com reserva etc..

E para quem acha que eu leio muito, eu leio pouco demais , para tanta beleza que existe na literatura poder levar ás crianças.

Dá-me Senhor dias aumentados, e muita inspiração e  vontade para eu levar poesia e vida à infância!


6 comentários:

Genilda Maria da Silva disse...

Crianças lindas, projeto maravilhoso, professora nota dez! parabéns querida Paula. Abraços

FILOSOFANDO NA VIDA Profª Lourdes Duarte disse...

Minha querida Paula, mais um maravilhoso trabalho com as crianças. Incentivar a leitura e a produção de textos é de fato enriquecedor. Parabéns , grande professora. Parabéns as lindas crianças. Abraços, seja sempre bem vinda!

Elza Interaminense disse...

Parabéns amiga por mais esse maravilhoso trabalho com as crianças. Você faz a diferença no ensino. Abraços

Diná Fernandes O.Souza disse...

Olá Paula, não me canso de rasgar seda sobre seu trabalho com as crianças, incentivar a leitura, fazer poemagem é colocar estas crianças no topo do sucesso.Só poso dizer:PARABÉNS EM VOZ ALTA.
abraço!

Cidália Ferreira disse...

Boa noite minha querida! Maus uma postagem cheia de beleza e encanto!! Amei

Especial:- Quero a rosa, e teu afago no meu coração. { Poetizando e Encantando}
.
Beijo e um excelente fim de semana.

Toninho disse...

Gosto de ver esta dedicação e sua criatividade para incentivar ainda mais a leitura e legal este processo de interligar as famílias dos alunos via os meios de comunicações existentes.
Parabéns Paula e que tenha sempre apoio e reconhecimento.
Carinhoso abraço amiga.