terça-feira, 15 de maio de 2018

Zeca não tem medo de prova (Dica de Livro)







E quem não sente medo de errar?
De na escola sofrer alguma dificuldade

Medo de matemática, o bicho papão

De escrever e ler?
Falar errado e ser zombado?
Que criança não sente medo da professora ser brava
De deixar os pais e crescer
Ser autônomo independente para 
na escola as atividades fazer?
Quem não sente, ou já sentiu medo de prova?
Afinal é competição?
Quem é o melhor da turma tudo acerta
Quem na prova tem medo não se dá bem não.
E o que fazer pra se sentir confiante
Na prova tirar dez?
Vencer o medo e saber que aprender é fácil 
Para todo aquele que estuda
tem confiança em si mesmo
e sabe que o estudo é pra valer.



Paula Belmino 


Recebemos da Editora Inverso o Livro: Zeca não tem medo de prova da escritora Vanessa Tavares com ilustrações de Lulo Fernandes, uma boa maneira de introduzir a roda de conversa sobre os medos que as crianças sentem, pois algumas tem medo de não conseguir, de errar, de matemática, de não acertar as continhas, de não saber ler etc... 

Foram medos que foram falando e há ainda os que ficam na mente delas impedindo de avançar, uma vez que o medo paralisa.


 Vejam alguns escritos das crianças sobre seus medos:






Além de nosso diálogo sobre os medos de prova e de outras coisas referentes à Escola, as crianças leram a história, recontaram, desenharam e fizemos uma dinâmica onde cada uma delas escreveram num pedaço de papel seu maior medo e foram estimuladas a pensar no medo e descrever, e em seguida rasgar o papel e jogar fora, como num passe de mágica não o sentiriam mais.

Esse medo da Ester me encheu de emoção:


No Livro Zeca é um menino que ama a escola, mas morre de medo de prova e neste dia não consegue lembrar nada, treme, mal pega no lápis e a maneira como a professora conduz a situação o deixa ainda mais perdido.




Certo dia uma nova professora chega à escola e o ensina que prova é mais que dar nota, ou servir para reprovar  o aluno, mas é avaliar o que ele aprendeu, e como esse conteúdo está sendo construído.





A vida escolar de Zeca muda para  melhor, e ele consegue se sair melhor nas provas.


É evidente que é necessário confiança, empatia por parte do professor, ajuda da família e dos amigos e muita motivação, estímulo e muita conversa, sempre numa forma de ajudar as crianças a superar suas dificuldades de aprendizagem seja com atendimento individual, atividades em grupos produtivos, com material concreto, brincadeiras e jogos para assim eles aprenderem regras, desenvolver o raciocínio lógico, muita aula de artes manuais para desenvolver a motricidade, e o desenho que incentiva a criatividade, música, dança para expressar-se e muita, mas muita leitura para uma infinidade de benefícios, para construírem assim confiança para aprender e compreender que o erro nada mais é que uma forma de observar onde, porque e como errou e reiniciar a atividade, o caminho a percorrer para acertar e melhorar cada vez mais.


Fiquei muito feliz ao perceber que as crianças já citam a leitura e a poesia como grandes e muito importantes ferramentas para a aprendizagem, pois em todo conteúdo e disciplina é necessário saber ler, interpretar, e escrever dando opinião etc..
e assim vamos motivando e estimulando as crianças a resolverem conflitos internos e com as pessoas ao redor e compreender que o erro nada mais é que o ponto de partida para o acerto.

As crianças se saíram muito bem hoje e aproveitei essa terapia narrativa para falar sobre suas emoções, quando choram por medo e ansiedade de não saber, que a escola está ali para ensinar, que a professora vai ensinar sempre que perguntarem etc... Depois de tudo ainda ganharam da escritora marcadores especiais com o tema do livro, que ela nos enviou pessoalmente pelos correios e agora todos marcarão seus textos preferidos e as páginas dos livros para pesquisa e estudo. Que belo incentivo! Obrigada Vanessa Tavares

Vejam a alegria das crianças!


Quando os livros chegaram aqui pela Editora InVerso a Alice ficou logo encantada com Zeca, é que ela passou e ainda passa por esse medo de prova, chegou muitas vezes a ter insônia, e isso não é um problema isolado, acontece e muito em muitas escolas

Vejam a opinião dela:



Para comprar este e outros livros da Editora Inverso

https://editorainverso.com.br/

8 comentários:

Alegria de Viver disse...

Nossa Paula! Voltei no tempo, minha professora do primário era uma fera, senti todos esses medos, e confesso que foram úteis, o que ela me ensinou, aprendi de verdade. Tempo que o aluno respeitava o mestre.

Boa quinta!
Abraço!

Cidália Ferreira disse...

Muitos parabéns pela brilhante e interessante postagem!!

Beijo e um dia feliz!

Profª Lourdes Duarte disse...

Mais um encantador projeto amiga paula! Parabéns a você e as crianças. Abraços

Renata disse...

Lindo e importante diálogo para a maturidade emocional. Beijo! Renata e Laura

Jussara Neves Rezende disse...

Que belo projeto, Paula!

Aline lopes disse...

Foi muito proveitoso está presente p vê esse livro sendo trabalhado,na sala de aula pra q além da leitura as crianças percam o seu medo. esse é um excelente livro acompanhado de uma otima professora.LUIS GABRIEL amou chamou muito atenção dele parabéns pelo trabalho

Vanessa Tavares disse...

Paula, parabéns pelo trabalho. É uma honra saber que Zeca chegou à escola em suas mãos. Estou emocionada e aprendendo com você nessa escola chamada vida!Abraços!

Toninho disse...

Que legal Paula, um livro abordando este mal presente e que deve ser analisado combatido por cega e impede de evolução. O medo é um terror na vida da pessoa como pode ser visto aos olhos dos alunos como a Ester.Bonita atividade e leitura Paula.
Muito bom vir aqui e fazer um tour pelas postagens que sempre me passam algo, alem de sair entusiasmado com sua dedicação e crer que pela educação podemos mudar este país.
Meu terno abraço amiga.
Beijo de paz no coração.