quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Fantasia



Dança...
Ri...
Canta...
Menina levada
Na boneca faz trança
E pula
Sapateia sem parar
Vestida de bailarina
É fada e pela casa sai a encantar
Faz mágica
Sorriso aberto
Em mil versos de amor
Canta afeto
É feita de estória
Inteligente e bondosa
Dedica-se a perfeição
Canta, ora e faz poesia em meu coração.
Menina faceira
Tu és a razão da minha alegria
A vida é feliz contigo
Pois tu és meu paraíso!

Paula Belmino

confiram Alice dançando e cantando com Celelê e Ralalá, vestida de fada e bailarina, e com a Lenita voadora da amiga poetisa Anne Lieri estampada no peito ! ai ai, uma mistura de fantasia só!

11 comentários:

mundo azul disse...

______________________________


...bonitos versos para a princesinha!


Beijos de luz e o meu carinho...



____________________________________

Edna Lima disse...

Esta garota vai longe! vou comprar este Cd .Não aguento mais ouvir Xuxa! Julinha pede o dia todo. Bjs

Chica disse...

Lindos teus versos e ela está um doce cantando...beijos,chica

Liciane disse...

Que fadinha mais lindaaaa!!!!!!
Amei!!!

Tenho um selinho pra vc!

Bjss

Georgia disse...

Mas que charmosa, essa menina.

Linda e como enrrola a língua, ahahahahah!

Beijos e bom fim de semana

Alethéa Casal disse...

Olá! Obrigado pela visita no meu blog, que ainda é um filhotinhos neste mundo... rs...
Sua menina é MUITO linda! Tem carinha de esperta e meiga!
Adorei seus textos.
Grande abraço!

Barbie Girl disse...

Que lindaaaa!!
Sua filha é a grande musa das suas inspirações!!

Eu tenho 4 filhos, sendo que 3 são postiços, se chamam, Mariana, Ygor e Alice.

Tem foto de todos no final do meu blog!!

beijos

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Lindos versos e linda menina.

Beijos

Anne Lieri disse...

Paulinha,que ternura de poesia!E a Alice dá um show!É pra ser mãe coruja assumida mesmo!Bjs,

Edna Lima disse...

Oi Paula,
Tem um premio pra vc lá no meu blog , passa lá e pega . bjs

Retalhos de Amor disse...

Linda Paula...
Aqui estou conhecendo teu cantinho
e, mesmo em primeira vez, o senti
um lar!!! Sabe, quando o sentimento
se faz irmão!? Bem assim, senti!!!
E eles, nossos pequeninos, fazem mesmo
Poesia em nossos corações!!!
Cheias de travessuras, mas...
Poesia viva... Vida!!! Sorrisos!!!

Beijos, viu...
Neste coração, que senti, todo Amor!!!
Iza