segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Janela do Amor




Debruço-me na janela
Só pra espreitar tua chegada
No parapeito minha face
E o pensamento na calçada
Em brincadeiras de roda
Em pipas empinadas pelo ar
Na boneca que embalas
No teu sorriso a me namorar
Olho através da vidraça
Vigio o teu brincar
Fico fascinada ao ver tua alegria
E a leveza de teu andar
Ai menina de meus olhos...
Meu amor é tão imenso!
Eu perdidamente apaixonada por ti
Delongo-me em sentimentos:
De sorte e de benção
Que teus pés pisem no mar
Que te banhe em cachoeiras
Que por florestas queiras passar
Que tua saúde seja cheia
Que a vida tua morada
És a criança mais linda dessa cidade
Um canto de amor na madrugada!
Minha total felicidade!
Ai menina de meu ventre...
Tu és o sol e a luz dos olhos meus
Na janela de minha alma
Só existe o sorriso teu!


Paula Belmino
*Pra minha filha Alice Rute

5 comentários:

Edna Lima disse...

Eita menina linda e muito amada!! Lindo a poesia dedicada a Alice. Bjs

Barbie Girl disse...

Olá, passando por aqui para deixar um beijão!!

Barbie Girl disse...

Tem um chamego para você no meu cantinho, espero que goste!

beijão!!

Mimirabolante disse...

Vi tds as postagens,tds as poesias....A Alice está a cada dia mais bonita e com uma expressão de mocinha.....tão lindinha....

Anônimo disse...

Estive aqui para admirar o anjo Alice. Ela amerece todos os prêmios. Bela forma de educá-la pela música! É uma forma sensível e amável de apresentar o universo e a vida para uma bela criança! Boa noite!