sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Pela Tristeza de Um Filho


Dor do Luto


Uma dor no peito
Em vê-lo sofrer
Não tenho o poder
De secar tuas lágrimas
E fazer-te crer!
Uma dor tamanha...
De um filho que ama
E sofre a dor de perder a mãe
Um sentimento estranho...
Muitas sensações
Vazio,
Saudade,
Mil lembranças...
Um misto de choro e de pesar
Foi pra além tão distante
E teus olhos ela deixou de olhar
Mas há de um dia
Em eterno momento
Assim como o vento tu voarás
E perto de tua mãe tu estarás
Lágrimas secarão
E pra sempre com ela tu sorrirás então!

Paula Belmino

**Poesia inspirada na dor de um amor amigo, que perdeu a mãe recentemente.
Que essa possa servir de consolo e amenizar a sua dor no peito de filho, pois perder uma mãe nunca cicatriza a ferida aberta e sangrante

4 comentários:

Chica disse...

Lindo poema de conforto parea uma hora tão triste...beijos,chica

Andreia disse...

Triste e belo poema Paula, nestas horas de dor e principalmente a dor de perder uma mãe, pai ou filho é díficil ter palavras capazes de manenizá-las...
bjssss

francoemblog disse...

Homenagens como essa,ajudam a confortar e conformar o luto.


bom fds.

Retalhos de Amor disse...

N'um eterno momento
O reencontro!!!

Um abraço d'alma os
versos teus, minha Linda!!!

Beijos...
No teu terno coração!!!
Iza