terça-feira, 25 de julho de 2017

Dia do Escritor



O Escritor e a palavra


Lavra os sentimentos
ocultos na alma a doer
e como quem tece um novo tempo
borda no sonho
as palavras cocriadoras
que fomentam, estimulam
serpenteiam a realidade
e a transforma.
Escrevendo a poesia que
ateia fogo
feito a larva
fervendo dentro da mente
aquecendo os corações de quem lê
Palavras escritas
para trazer vida,
o renascimento de todos os dias.
E como quem dá vida aos sentimentos
vai chamando um a um
sentidos e sensações
para se fazer inédito
em verso, em música
em palavras que tem na hora do parto
significados e formação.
A palavra nova tecida
que grita, expressa, fala ou silencia,
que comunga ou se rebela.
Parindo assim palavras lavras
que extinguem o vazio
e no ócio frutificam
o escritor usa a ferramenta da palavra e
faz de pedras ou estrelas inspiração
Escrevendo uma nova história
do sonho faz-se o poema
e da vida a poesia em ebulição.


Paula Belmino




Um feliz dia do escritor a todos que usam a força das palavras para transformar o mundo!

Alguns momentos inesquecíveis nesse escrever e  levar poesia, alguns dos tantos vividos e eternizados pela palavra escrita







Meu primeiro livro Contos de família


Antologia casa da Poesia na Biblioteca Municipal





No centro Educacional Logos





Na creche O mundo da Criança





Lançamento d emeu livor em SP com alguns amigos escritores


Com minha professora da UFRN Alice Maria






No café com Leitura Escola Estadual Angelita






5 comentários:

Lucia Silva disse...

Adorei essa postagem e homenagem aos escritores em seu dia. Parabéns para nós que respiramos poesia, andamos de braços dados com as palavras, temos um relacionamento bem íntimo com elas e nessa relação brincamos, criamos e transformamos realidades com o poder delas. Abraços e beijos carinhosos!

✿ chica disse...

Que lindo,Paula! E parabéns pelo teu dia! bjs, tudo de bom, muitos livros ainda! chica

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Paula!
Você, prolifera palavras do bem e isso é o que conta... vamos ecoando ao universo que palavras do bem e tem poder imenso de renovar e refazer, estimular e de tudo o melhor que esperamos da vida...
Parabéns, escritora!
Seja muito feliz e abençoada!
Bjm de paz e bem

Toninho disse...

Meus parabéns Paula pela arte, pela dedicação de levar a escrita ao mundo dos que não tem muito acesso. Linda poesia e bela retrospectiva de sua linda jornada na arte de encantar palavras.
Meu carinhoso abraço amiga.

Kunti/Elza Ghetti Zerbatto disse...

Parabéns Paula pelo primeiro livro e a todos nós escritores!
Gratidão pela tua presença e carinho.
abraço