quarta-feira, 7 de março de 2018

Asa de Borboleta e Outras Sutilezas



Asa de
                            Borboleta encostada em 
Caracol
                                                             Gisela de Castro




Uma asa de borboleta,

Uma flor,
O caracol que se move lentamente,
Um duende,
O fogo a crepitar.

Emoções...

Lágrimas de hipopótamo 
E jabuti que não come kiwi.

Tudo na imaginação
Uma brincadeira com as palavras.

Um alfabeto poético
Um cirandar de sutilezas
Delicado olhar sob a natureza
E tudo que mora nela.

Paula Belmino
.
É assim o livro: A ASA DA BORBOLETA e outras sutilezas de Gisela de Castro com ilustrações de Anna Bella Geiger pela Editora Bambolê




Uma maneira de apresentar o alfabeto com poesia e humor, bem além das famílias silábicas como sempre se vêem em cartilhas, esse livro incentiva a imaginação e a curiosidade dos leitores em formação, alfabetizando brincando . Além disso o livro é escrito em português e inglês, mais uma forma de incentivar a aprendizagem significativa de outra língua com arte, cor, poesia e muita criatividade.
O livro chegou em casa e fez a alegria dos primos Amós e Sadraque, afinal quem disse que meninos não gostam de poesia? E sabe o que chama a atenção no livro além de toda brincadeira poética em forma de alfabetário? O livro é bilíngue e desperta nas crianças o desejo de se familiarizar com as palavras grifadas e pronunciadas em inglês.


Na escola não foi diferente, o livro fez a festa com as crianças. Eu li uma vez, e eles logo queriam saber como lia em inglês, apesar de não ser obrigatório o ensino da língua inglesa no ensino fundamental, isso não quer dizer que eles não possam aprender e sim aprenderam muitas palavras como Butterfly, frog, etc... Estavam atentos e curiosos!




 E assim vamos desenvolvendo o prazer pela leitura, o hábito de ler em voz alta e fluente, compartilhando com os amigos, tornando o livro parte de nós, mais que hábito, e sim prazer.
Como já disse Rubem Alves: Ler não é hábito,pois hábito é algo que se faz sem pensar é rotineiro, até chato, é algo a se cumprir. Ler é prazer, deleite, a mais gostosa das ações para o intelecto e para a alma.Desperta a curiosidade, o gosto por conhecer e se aventurar no mundo das palavras e por elas ser livre e transformado.


Os alunos alfabetizados liam para os outros e os que ainda não leem convencionalmente ouviam e depois liam com apoio dos colegas. Uma forma de ler textos de memória para assim apropriar-se da leitura.

Vejam cada um se esforçando para ler e aprender mais de forma prazerosa e lúdica, despretensiosamente livre de didáticas, mas pelo fato de ser a leitura atividade completa , e como uma  semente que sei que logo dará frutos neste ano letivo e na vida dessas crianças em fase de alfabetização.

Vejam



Para conhecer e adquirir o livro:



A asa da borboleta e outras sutilezas" é o primeiro livro de poesias de Gisela de Castro, com textos bilíngues (Português-Inglês) para crianças espertas e adultos bem-humorados.

A autora, que desenvolveu o projeto para incentivar o hábito da leitura e apresentar o alfabeto aos leitores em formação, resolveu convidar para ilustrar o livro uma artista que admira muito, Anna Bella Geiger - figura marcante na arte contemporânea brasileira - que agora, especialmente para este projeto, resgata uma fase de sua vida, que remonta aos anos 60, quando fazia ilustrações para jornais e livros.

O maravilhoso senso de humor da artista estampa as páginas desta obra, especialmente, dedicada às crianças em fase de letramento.
Livro bilíngue.
Autor (texto): Gisela de Castro
Autor (ilustrações): Anna Bella Geiger
Temas: Alfabetização - Poesia
Áreas de conhecimento: Língua Portuguesa - Ciências - Inglês
Páginas: 28
Formato: 29 x 15 cm
Editora: Bambolê

ISBN: 978-85-69470-30-4

https://www.editorabambole.com.br/catalogo

3 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Isto é o que eu chamo de brilhante publicação!

Boa noite. Beijos

silvioafonso disse...

Como nenhum comentário? Quem foi
esse bobinho que perdeu a oportunidade
de ser lido pela dona dessa pensão antes
de qualquer um, hein?
-Broncas à parte; hoje eu vim só para te
perguntar, óh, graciosa mulher! Você já
ouviu falar em saudade? Não? Pois foi ela
e não a febre amarela que quase acabou
comigo, sabia? (risos)

Beijos e boa noite.

silvioafonso



.

✿ chica disse...

Isso é lindo de se ver! Beleza! Parabéns pelo nosso dia! bjs, chica