quinta-feira, 22 de março de 2018

Poesia todo dia


Poesia todos os dias
levando sonho e esperança
brincando e encantando
trazendo paz aos corações.

Poesia todo dia
para fazer  valer a vida
ensinar a ler e com prazer
se aventurar nas rimas
escrever e expressar
os sentimentos mais belos
e da labuta da vida
poesia que cura
é bálsamo para nossos flagelos

Poesia todo dia
na empatia,
no respeito à diversidade
no construir laços, pontes, encontros
e ser porto e ancoragem.
Poesia todos os dias
urgência e necessidade
para ver além da vida
os bons ventos da amizade.

Paula Belmino

Ontem dia mundial da poesia comemoramos com muita poesia, fui com meus alunos apresentar-se na escola Estadual manoel Luís de maria, onde prestigiamos a inauguração da cordelteca que eva o nome do poeta cordelista e conterrâneo Chagas Gomes.

As crianças recitaram e cantaram um poema de Eloí Bocheco que já havíamos trabalhado. 


Durante á tarde fui convidada para apresentar o cordel feito por mim pra falar um pouco da biografia de Chagas Gomes, além de recitar e conversar com os alunos doei duas antologias que traz meus poemas : Coletânea Janelinhas encantadas com poemas infantis, e Casa da Poesia com 4 poemas para assim a bibliotecária usar com os alunos e os professores trabalhar com os alunos.





Ainda recebi uma homenagem da Charge do artista Eliabe Alves


As crianças se divertiram e a cada dia vamos promovendo a verdadeira Poesia do bem, no levar incentivo a leitura por onde passamos.



Meu cordel em homenagem ao cordelista Chagas Gomes:

Tributo à Chagas Gomes
Escrever poesia é fácil
pra quem quer se expressar
falar de amor e fé
dizer o que quer pensar
em entrelinhas dizer
com o coração a gritar.
Falar de outra pessoa
é como não saber falar
seus sonhos e projetos
sua mente a navegar
por sentimentos diversos
quem lhe pode sondar?
Sobre um poeta amigo
vou tentar aqui descrever
a alma de Chagas Gomes
seresteiro que faz sofrer
com sua voz de trovão
cantando poesia em nosso ser.
Desde criança aprendeu
aos pés de seu velho pai
comendo com rapadura,
a vida, o amor, os ais
e debulhava com feijão
poesia e histórias tais.
História de Lampião
de Deus e sua criação
das feitas de Malasartes
Alibabá e os ladrões
Ouviu tanto cordel
que guardou no coração.
Cresceu numa casa pobre
mas é rico de afeição
sabe fazer poesia
toda palavra dá criação
rimas que nos ensina
e que chama atenção.
Chagas Gomes seu nome
humorista e fiel
soube guardar suas raízes
na literatura de Cordel
e há quem diga
sua poesia é céu.
Hora conta fábulas
pra toda criança ler
A cigarra e a formiga
a leitura é prazer!
A lagoa e outras histórias
para o leitor aprender.
Com emoção ele conta
a história da cidade
e arranca risada
com sua simplicidade
o matuto no exame da próstata
faz machão rir de verdade.
Pois o cordel tem poder
de muita vida transformar
de fazer a gente sentir
e com alegria expressar
ouvir e aprender
é fácil na mente guardar.
Chagas Gomes quem diga
pois com poesia se livrou
da depressão e da tristeza
a leitura lhe libertou
e com asas nos versos livres
o cordel lhe dominou.
Agora segue cantando
fazendo rima feliz
contando era uma vez
fabulando como sempre quis
e encantando a todos
quem ouve lhe pede bis.
Acho que é possível descrever
o poeta de mão cheia
aos pés de seu pai aprendeu
e viveu de brincadeira
cresceu brincando livre
fez castelo de areia.
E agora com seu cordel
faz castelos, reis e rainhas
na imaginação da criança;
E quem se sente sozinha
é só ler Chagas Gomes
e vai achar companhia.
A poesia é liberdade
é sonho e afeição
é vida pra quem quer ser feliz
é paz no coração
riso solto e esperança
para a nossa nação.

Paula Belmino


6 comentários:

Profª Lourdes Duarte disse...

Mais um belo trabalho, sempre motivando a poesia, com um projeto maravilhoso desse as crianças aprendem com muito prazer. parabéns amiga Paula, você merece todos os aplausos. Que Jesus continue lhe iluminando, abraços

✿ chica disse...

Trabalho lindo feito aí com as crianças. Sempre vejo e só posso aplaudir. Te esmeras, esforças e por isso eis o resultado! Adorei1 bjs, parabéns! chica

Toninho disse...

Que bonito Paula.
Voce e a poesia e este dever de passar e incentivar poesia às estas crianças, é muito lindo de sua parte. Não desanime e vamos colher belos versos desta galera, tenho certeza.
Perfeita homenagem ao cordelista, que admiro muito a estrutura.
Carinhoso abraço amiga e bom fim de semana para vocês.

Cidália Ferreira disse...

Boa tarde!
Uma excelente postagem que amai ler!!

Beijo... Bom fim de semana

Anete disse...

Gostei muito de ver o seu trabalho dedicado e bonito, sempre visando o bem!
Fotos que expressam a poesia abençoando grandemente. O mundo precisa de mais poetas que transmitam a alegria de viver.
Bom fim de semana, Paula!... Abraço

Diná Fernandes O.Souza disse...

Sempre fazendo seu trabalho de formiguinha e todos acompanhando com muito empenho, gostei da sua poesia, versos expressivos, e a homenagem em Cordel ficou bacana.
Boa tarde pra vc!