domingo, 25 de novembro de 2018

Reflexo de teu olhar



Te olha no espelho e enxerga:
Quem tu és além de um rosto?
O que há por trás de teu olhar
ora feliz, ora triste?
Que diz tua alma ao espelho de
outros olhos?
Quem pode verdadeiramente te enxergar?
Se olha no espelho e busca,
profundamente
te encontrar,
reencontrar tua alma vagante,
já  que por  tanta tristeza ,
sufocou-se e  fugira.
Quem sabe, tua alma
atravessou o espelho de teus olhos
e  te toca, pede para voltar,
pela porta de um sorriso teu.
De tanta dor a alma flutuou por entre teus poros
e te deixou assim vazia.
Mas, pede pra voltar
habitar outra vez em teu peito
trazendo-te à emoção .
E só assim, quando te olhares no espelho
e profundamente te enxergares
acharás tua alma em pelo
refletindo poesia e paixão.

Paula Belmino




Poema inspirado na 62ª Blogagem Coletiva do blog Filosofando na Vida que a Lourdes nos sugere toda semana uma imagem para refletir, inspirar, escrever e expressar o que se sente.
escolhi esta abaixo de uma moça no espelho e usei as de minha Alice que desde muito pequena adora se olhar no espelho e é bem vaidosa.


Para participar basta seguir as regras do blog da Lourdes e deixar a criatividade e a emoção fluir




10 comentários:

Rejane Tazza disse...

Que linda tua poesia e as fotos no espelho! Casaste muito bem todas elas com a imagem dada! ADOREI! bjs, chica

Toninho disse...

Que lindo Paula ver as Alices pelos espelhos ao longo de sua vida e assim inspirar esta bela poesia plena de ternura e encantamento. Perfeita sua participação dentro do proposto pela querida Lourdes.

Bom domingo para vocês e que a semana seja leve e alegre.
Meu abraço de paz.

FILOSOFANDO NA VIDA Profª Lourdes Duarte disse...

Querida paula, que lindas as fotos da Alice! Encantada com essa modelo tão bela. Sua filha é mesmo um lindo presente de Deus.
Quanto a sua majestosa poesia, perfeita!

Te olha no espelho e enxerga:
Quem tu és além de um rosto?
O que há por trás de teu olhar...
Querida, dizem que os olhos são o espelho da alma e se olhar no espelho, se desnuda a alma e purifica o coração.

Amei sua poesia, merece aplausos amiga. deveras encantadora! Obrigada por mais uma vez participar com tanta beleza. Seja sempre bem vinda! Um abençoado domingo pra você e sua família. Bjuss

FILOSOFANDO NA VIDA Profª Lourdes Duarte disse...

Correção- Deveras

Roselia Bezerra disse...

Boa tarde, querida amiga Paula!
Tanto faz se posta foto sua ou da linda Alice que me encanta a forma como poeta... belamente pousada está a menina para inspirar versos perfeitos de questionamentos e profundidade... Um espelho deveria sempre servir para isso e não só para ver a casca de nós...
Tenha uma nova semana abençoada!
Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

Majo Dutra disse...

Estimada Paula.
A sua poesia é muito interessante e vemos nela o cunho
psicológico e didático.
Estive a ler as outras postagens... um trabalho muito meritório.
Dias muito produtivos e plenos de sucesso para mãe e filha.
Felicidades.
Abraço amigo.
~~~~

Antonio Pereira Apon disse...

A aparência e a essência num jogo de espelho. Ver ou não ver, eis a questão.

Um abraço. Tudo de bom.
💗 Você, eu espelho.

Renata disse...

Olhares ternos e de paz nesta poesia que Alice encanta. Beijo! Renata e Laura

RUDYNALVA disse...

Paula!
Alice tão linda reproduzindo a imagem escolhida e que belos versos filosófico e questionadores.
Como sempre sua participação ompecável, parabéns!
Boa semaninha!
“Felizes são os que ajudam os pobres, pois o Senhor Deus os ajudará quando estiverem em dificuldades.” (Bíblia)
cheirinhos
Rudy
https://www.blogger.com/blogger.g?blogID=1883801522675851984#allposts/postNum=4

FILOSOFANDO NA VIDA Profª Lourdes Duarte disse...

BOA NOITE!
A natureza dá a cada época e estação algumas belezas peculiares; e da manhã até a noite, que uma sucessão de mudanças tão gentis e suaves que quase não conseguimos perceber os seus progressos.
Amiga, a noite é uma criança por isso, mesmo no adiantado da hora chego com o convite para mais uma edição do Poetizando e Encantando.
Tenha uma noite de paz e um amanhecer feliz.