domingo, 11 de novembro de 2018

A árvore e a lua





A lua do alto observava
a árvore a se contorcer,
como quem quisesse alcançá-la,
braços abertos a se estender.

A árvore, pela lua apaixonada
deixava-se ir, o vento a desnudava.
Suas folhas de verde pintavam o céu azulado,
e dizia  com ternura: -Sou tua!

Lá bem distante, a lua sorria feliz
por ser admirada pela árvore
de folha em folha,
para o alto,  à lua branca subir.

E de repente, com  paixão,
um beijo  entre a árvore e a lua 
aconteceu.
Tudo brotou na terra e no céu:
nasceram flores na árvore, 
a lua tornou-se redonda.
Grávida de amor, no céu apareceu.

Paula Belmino




Essa é minha inspiração para o Poetizando e Encantando do Blog  Filosofando com a Lourdes. Essa blogagem coletiva que nos inspira a desenvolver a criatividade, a interagir com a poesia e o olhar poético em ver numa imagem alguma expressão para interagir com os demais amigos leitores, escritores, poetas.
Eu já estava escrevendo este poema de amor entre  a lua e a árvore com inspiração nessas imagens que fiz na casa de uma amiga, quando vi a imagem da casinha em meio ao campo rodeada de árvores e numa noite sem lua sugerida pela Lourdes para a 60ª  Blogagem coletiva, então vi que a poesia compunha bem com a arte aqui expressa.
E sendo assim,eis aqui minha participação:


Participe você também da BC, basta seguir o blog, ler e comentar, visitar os participantes e deixar a imaginação fluir.


Carinho que ganhei da Lourdes


Mimo para Alice


13 comentários:

Rejane Tazza disse...

Maravilhosa participação,Paula! Mo9mento de poesia belissimo!Parabéns! Obrigadão! Amanhã estarão lá! bjs, chica

Roselia Bezerra disse...

Boa Tarde, querida amiga Paula!
Uma participação ímpar dentro da BC que me encantou pois também há beleza num cenário cinzento, basta termos olhos sadios para observarmos e extrairmos uma poesia assim com ternura envolvente como você sabe bem fazer.
Parabéns!
Assim mesmo nos sentimos como a 'lua': feliz demais por sermos admiradas, com ternura e recebermos o Amor da "árvore'... que lindo estes versos enamorados!
Adorei doar Amor aos seres da Criação Divina. A personificação ficou primorosa, só poeta sabe ver e sentir assim...
Seja sempre abençoada e revestida da Graça de Deus!
Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

Estação Cigana disse...

Tua participação foi excepcional Paula!
Pura inspiração e beleza.
Gratidão pela presença e carinho em minha página.
Tenhas uma semana de muita paz e harmonia.
Abraço

Antonio Pereira Apon disse...

Um encanto de versar, pura magia.

Um abraço. Tudo de bom.
🌹 Mundo, jardim em flor.

FILOSOFANDO NA VIDA Profª Lourdes Duarte disse...



Olá querida Paula! Que linda inspiração, fotos belíssimas complementando este seu doce poetar. A Lua grávida de amor, uma poesia que exala perfume da natureza aliada a romantismo terno.
Obrigada minha querida por nos da o prazer de apreciar semanalmente suas lindas poesias e majestosas postagens. Seja sempre bem vinda. Deixei mimos pra você e a linda Iasmim que sempre participa desta BC nos encantado com tanta beleza. Beijo no coração.

Genilda Maria da Silva disse...

Amiga Paula, que bela inspiração.

A árvore pela lua apaixonada
deixava-se ir, o vento lhe deixava nua .
Suas folhas de verde pintavam o céu azulado,
dizendo com ternura: _ Sou tua!

A lua gravida de amor! Parabéns pela poesia e as imagens. Amei! Abraços, seja feliz

Elza Interaminense disse...

Parabéns querida Paula pela bela inspiração. Uma poesia doce eterna com um romantismo único.grata pela visita, abraços

Toninho disse...

Oi Paula, que linda poesia neste amor Lua e arvore.
A lua sempre a nos inspirar, testemunha dos poetas.
Lembrou-me uma canção que fala do amor de uma estrela por um grão de areia e que deste amor nasceu a estrela do mar.
Muito bonita sua construção e assim encanta com certeza.
Meu abraço amiga e feliz semana para vocês.

Renata disse...

Lindo amor! Beijo. Renata e Laura

FILOSOFANDO NA VIDA Profª Lourdes Duarte disse...

Querida paula, desculpe a troca dos nomes da sua linda Alice. Tenho dua sobrinha, uma Iasmim e a outra Alice, então ligo o nome da sua filha ao nome de uma delas e acredito que esse foi um dos motivos para confusão em escrever Alice, acho que já venho trocando em outros comentários.
mente cansada e a idade avançada acontece isso amiga! Fiz a correção no chaverinho caso deseje pegar. Fiquei feliz que gostou, o presentinho é simbólico mas o carinho é real. Abraços

RUDYNALVA disse...

Paula!
Linda lembrança da antiga paixão e de um beijo eterno embaixo da árvore.
Poetiza nata ao conseguir transcrever sentimentos tão vívidos.
Parabéns!
Desejo uma ótima semana!
“A ambição é louvável quando acompanhada pelo desejo e pela capacidade de fazer felizes os outros.” (Paul Holbach)
cheirinhos
Rudy
https://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/2018/11/divulgacao-cultural-146-60-poetizando-e.html

Portugalredecouvertes disse...


Linda inspiração Paula,
venho do blogue da profª Lourdes e fiquei encantada com o texto !
esse amor entre a lua e a árvore é verdadeiramente uma paixão na natureza onde todos os elementos se associam entre si para permitir que a vida aconteça !
abraço
Angela
https://poesiesenportugais.blogspot.com/

FILOSOFANDO NA VIDA Profª Lourdes Duarte disse...

CONVITE PARA O POETIZANDO

Boa noite!

A tua vida é o produto das tuas mãos.
Caminhas por onde elas te conduzem...
Tens o que elas te trazem...
És o que com elas fazes de ti.
Não ergas as mãos para apedrejar.
Jamais as utilizes para destruir.
Entretece através delas a tua paz.
Cose a tua alegria.
Torna possível a tua esperança...
Não te esqueças de que é
com as mãos que escreves a tua história
e as mais lindas poesias no poetizando e encantando.

É com muito carinho que venho mais uma vez trazer o convite e dizer que as imagens dessa semana estão convidativas para lindas inspirações.
Mais uma vez vamos poetizar! Acabei de postar.
Abraços da amiga Lourdes Duarte