quarta-feira, 18 de abril de 2018

Benditos Livros


Oh! Livros que nos salvam
arrancam a opressão e 
tiram o ócio da alma
para nunca virar rotina 
um momento de leitura.


Oh! Benditos livros
que nos elevam ao nobre sentimento
dançando com o vento
o pensamento ao mais alto céu.


     Ah! Livros amigos
que  guardam o peito da dor
e alentam com paz os nossos dias.
É paz e calma,
é refrigério na minha alma.
Livros à mão cheia!



Ah! Livros fortunos e de pura sorte
Livros sementes na terra fértil
e água cristalina na terra seca 
a fecundar esperança.



Oh! Livros, frutos doces
para os dias amargos
alimento e proteção para quem tem fome e 
se acha em prisão
Livros liberdade!
Livros benditos
pra gente contar os sonhos e multiplicar 
a multidão de sentimentos bons.



Oh! Livros sonhos
que nos dão asas ao fantasiar
e sonham conosco por lugares inimagináveis


 Oh!Benditos livros,
amigos alados,
sonhos florescidos.
Sementes plantadas na alma
e na palma de nossas mãos,
guardando em prosa e poema
a palavra que arde e germina 
o dom da sabedoria e da felicidade.



Paula Belmino

Nossa homenagem ao Dia Nacional do Livro Infantil com livros.
Essas são amigas de Alice de escola e da vida e nos reunimos neste domingo para ler, conversar e brincar!

Livros lidos:

Mariana Ana Rapha Gomes Editora Inverso

Jardins Roseana Murray Global Editora

Pomar de Brinquedos Eloí Bocheco

A menina que contava Fábio Monteiro e Maurício negro Editora Paulinas

A viagem de Alice ao país dos seus sonhos Neide Graça, editora Muiraquitã

Obrigada pela parceria e apoio ao meu blog em mais um ano!

7 comentários:

Andrea Morais disse...

Adorei o poema!!
Identifiquei-me muito com os versos! Leio desde quando era criança e a literatura me salvou e foi meu refugio em diversos momentos e até hoje é. Parabéns!!

http://livrelendo.blogspot.com.br

Profª Lourdes Duarte disse...

Amiga Paula, que bela postagem no dia do livro infantil. Como é maravilhoso ensinar as crianças a gostar do livro e despertar para as mais diversas leituras. Parabéns pra você e as crianças lindas! Belas fotos. Abraços

Anne Lieri disse...

Que beleza de homenagem! Lindas as fotos, a poesia, adorei! Bjs

Lucia Silva disse...

O poema é lindo e mostra a grandiosidade dos livros, nos quais são instrumentos de sabedoria, voar nas asas do imaginário, olhar, também, para dentro de si e sentir que o livro vive constantemente no seu interior e transborda para o exterior.
Beijos afetuosos!

Cidália Ferreira disse...

Bom dia! Tem a minha admiração, sempre pelas belas postagens. Amei!!

Beijo e um excelente dia.

Biblioteca da Casa Verde disse...

A combinação é perfeita: crianças, livros e poemas. Bela postagem com belas imagens. Parabéns! Adorei!

Toninho disse...

Lindo de ver estas crianças envolvidas numa leitura.
Livro é caminho, janela, porta estrada de ferro, livro é a viagem maravilhosa.
Bonita homenagem Paula com estas belas fotografias.
Abraços com carinho