domingo, 17 de maio de 2009

Amor Imortal

Por que será que você não me sai do pensamento?
Já faz tanto tempo
Eu era tão menina, tão inocente?
Tinha nesse amor fé
Não tinha fundamento, nasceu de uma flor, cresceu e não vingou,
Porém, não foi enterrado, jaz sobre mim, a trazer essa tua lembrança.
Por qual razão eu não te esqueço?
E vivo assim a todo instante recordar tuas mãos
Tua boca, tua voz?
Parece até que eu a ouço dizer: somos nós!
Somos eu e você meu amor, juntos pra sempre!
Feito o juramento de amor imortal que te fiz.
Deve ser por isso que eu ainda até hoje te amo
Mesmo depois de tanta dor, tanta angústia, solidão e distância.
Eu me mudei, renovei, fiz outra aliança, me enamorei de paixão,
Mas você dentro de mim não morreu, está vivo.
E em minha poesia vou derramando esse grito e lágrima do fundo de meu coração.
Quem me ler não sente que é dor?
Que é amor real o que essa poesia brame?
Eu a utilizo pra gritar ao vento o quanto adoro você
E quem sabe ele não leve minha alma até tu
E te faças lembrar d e mim
E pensar em nós.
Á noite a sós em minha insônia eu fico a lembrar de nós dois
E perco o juízo e por vezes eu até falo seu nome na esperança que tu me ouças em sonho.
Daí eu choro e tento a todo custo dormir.No sono agitado você às vezes aprece, mas distante, sem que eu possa tocá-lo, ou às vezes eu te beijo, mas com medo de que você me
diga que vai me deixar ou afastar-se de mim.
É sempre assim...
Uma música a lembrar nós dois
Um vento de fim de tarde a trazer seu perfume
Uma poesia pra gritar se nome
E que me ler não vê que eu te amo mesmo
Que tu és real!
E não tem jeito pra que eu esqueça desse nosso amor imortal!

Paula Belmino

3 comentários:

Úrsula Avner disse...

Olá querida, seu texto poético é de grande sensibilidade ! Ao ler seu perfil me emocionei com sua história de vida. Também sou mãe e imagino que a dor de perder um filho deve ser imensurável. Fico feliz que esteja de pé e fortalecida, pois a vida segue em frente, embora a saudade seja eterna. Obrigada pelo seu carinho e interesse em seguir o blog. Como eu já acompanho vários blogs e temo não ter tempo suficiente para dar atenção a todos, vou linkar o seu. Vamos mantendo contato. Bjs no coração e que a paz do Criador de todas as coisas te alcance e te conforte todos os dias de sua vida.

Edna Lima disse...

Falar do seu amor em forma de poesia, é muito lindo, até parce fácil , dizer o que vai na alma. bjs

Liciane disse...

Nossa!! Pegou pesado hein!! Assim o coração não aguenta!! Muito emocionante... Parabéns. Bjs