quarta-feira, 25 de março de 2009

A menina, o peixinho e o amor






Aonde tu vais peixinho
Querendo tanto nadar
Vieste do oceano?
Viestes do fundo do mar?
Lago ou rio?
Quero saber
Aonde tu vais com tanta pressa meu peixinho?
Não te afogues na solidão
Dou-te amor
Dou-te sorrisos
Dou-te carinho e pão
Converso e te chamo de Cinderela
Danças na água minha amiga
E me molhas de alegria
És o meu amigo preferido
Eu fico feliz se estou contigo.
Aonde vais nadando assim?
Se o teu lar é tão pequeno?
Não é rio nem lagoa
Nem oceano nem é mar
É um aquário pequenino
Onde eu sorrio ao te ver passear
Vais de encontro ás muitas águas?
Queres viver no mar azul?
Fica comigo sempre peixinho
E eu te ofereço meu amor
De manhã até a noitinha
Eu contigo vou nadar
Nas muitas águas da alegria
Onde tudo se faz poesia
Onde um rio vira mar
E esqueces a solidão
Fica comigo peixinho
E eu te dou meu coração.

Paula Belmino
*O peixinho é da minha sobrinha Artilia e ela ganhou numa pescaria ano passado, como foi embora a Alice ficou na incumbência de cuidar dele e assim é todos os dias, ela quer trocar água, por comida, dá boa noite.Um verdadeiro amigo. Que alegra a Alice na falta da prima.

2 comentários:

Chica disse...

E eles adoram,né? Ficou lindo,Paulinha! um beijo,chica

Solange Maia disse...

Paula,

Que delicado.
Doce.
Lindo...

Beijo no coração,

Solange

http://eucaliptosnajanela.blogspot.com