terça-feira, 3 de março de 2009

Voz do Amor





Doce discurso
O de amor de uma mãe
Com beijos ela fala
Com abraço canta uma canção
Com olhos divaga
Em pensamento bendiz
Sonha com dias saudáveis
Com presentes do céu
Ao filho ela ama com beijos de mel
Sua voz é suave
Seus cabelos é cobertor
Seu colo um berço
De carinho e amor
Suas mãos é toque
Massageando o coração
Do filho semente
Em fervente oração
Na dor a mãe é remédio
Na alegria sorriso
No sol proteção
Na água é passeio preciso
É virtude
É afeto
Doce discurso é seu falar
Canta e abençoa
A mãe é o sussurrar
Da voz de Deus ao mundo
O amor que a Criança vem abençoar.

Paula Belmino

3 comentários:

Chica disse...

Muito lindo,Paulinha! E essa foto ficou maravilhosa1 um beijo,chica

Isabel José António disse...

Cara Amiga Paulinha,

Vinha "navegando" entre blogues e vim "aportar" aqui ao seu.

É um encanto esta poesia do amor de mãe pelo seu filho. Faz pensar numa enseada de protecção aos navios ou um porto seguro.

Muitos parabéns.

A palavra mãe é tão maior
Como o oceano é imensidão
Sendo sinónimo do maior amor
Vive e perpetua-se no coração

Um abraço

José António.

Se nos quiser visitar sinta-se convidada e dê uma espreitadela a pelo menos três deles:

Poesia Viva - O Caminho do Coração e Observatório

Isabel José António disse...

Querida Amiga,

Que dor deve ter sido a perda de seu filhote! Mas agora fico feliz de perceber que a pequena Alice está consigo e lhe dá alegria!

Um beijo,

Isabel